Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/131761
Author(s): Natália Fernandes Fávero
Title: A condição das Mulheres no Espaço Público: Territórios de conforto e desconforto na urbanidade contemporânea
Issue Date: 2020-12-15
Abstract: Throughout history, the projection of cities has given a false notion that they are designed for a neutral and universal subject. Therefore, very little attention has been given to the relationship between women's experiences and the public space of the city, the aim of this dissertation being to understand this relationship. Thus, through the analysis of national and international literature, the look of feminist architecture and urbanism collectives, associations and workshops, focusing on the work Urbanismo Feminista (2019) by the collective Punt6, the voice of four participants, three architects and a psychologist, and from a case study, the Plaza Baró project, we analyzed the experiences of women in the city and the participatory processes from a feminist perspective. Centering the discourse on life and care, starting from an anti-capitalist feminist and ecofeminist perspective, we find that public spaces still neglect the security of women and girls. It was also found that many steps have been taken by architects and urban planners towards feminist urbanism, but very little expressive in Portugal. It should also be noted that the participatory nature of projects as analyzed here in the case study, makes them time-consuming, appealing, leading to greater official support from the states for their implementation. It is concluded that there is still much to be done so that cities, public spaces are a safe base from which women and girls can explore and experience all their possibilities. It is hoped that the reflections can also serve as a starting point for a new look at cities and security should continue to be on the horizon and in the interest of the future and future professionals of architecture.
Description: Ao longo da história, na projeção das cidades tem sido dada uma falsa noção de que as mesmas são projetadas para um sujeito neutro e universal. E, portanto, muito pouca atenção tem sido dada à relação das vivências das mulheres com o espaço público da cidade, sendo objetivo desta dissertação compreender esta relação. Assim, através da análise da literatura nacional e internacional, do olhar de coletivos, associações e ateliers de arquitetura e urbanismo feministas, com foco na obra Urbanismo Feminista (2019) do coletivo Punt6, da voz de quatro participantes, três arquitetas e uma psicóloga, e de um estudo de caso, o projeto Plaza Baró, analisamos as vivências das mulheres da cidade e os processos participativos sob a perspetiva feminista. Centrando o discurso na vida e nos cuidados, partindo de uma perspetiva feminista e ecofeminista anticapitalista, verificamos que os espaços públicos ainda descuram a segurança das mulheres e meninas. Verificou-se também que muitos passos têm vindo a ser dados por arquitetas e urbanistas no sentido de um urbanismo feminista, mas muito pouco expressivo em Portugal. Salienta-se, ainda, que o cariz participativo de projetos como aqui analisado no estudo de caso, torna-os morosos, apelando, portando a uma maior apoio oficial dos estados para a sua concretização. Conclui-se que há ainda muito por fazer de modo a que as cidades, os espaços públicos sejam base segura a partir da qual as mulheres e meninas possam explorar e vivenciar todas as suas possibilidades. Espera-se que as reflexões possam também servir de ponto de partida para um novo olhar sobre as cidades e a segurança deve continuar a estar no horizonte e no interesse dos futuros e das futuras profissionais da arquitetura.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
TID identifier: 202631869
URI: https://hdl.handle.net/10216/131761
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
438758.pdfA condição das Mulheres no Espaço Público: Territórios de conforto e desconforto na urbanidade contemporânea16.29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.