Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/131606
Author(s): Ana Beatriz Sousa Azevedo
Title: Memórias da Água e de um Lugar entre Goujoim e a Ribeira do Tedo: Transformações na Quinta da Dona Moura
Issue Date: 2020-12-14
Abstract: This dissertation arises from a close relationship of experience and proximity with the Douro landscapes and, inherently, their architectures. This way, the object selected as a starting point, the Quinta da D. Moura, inserted along the slopes of the Tedo river valley, was the proposed motto for an approach to these realities that are fading with time. A possible intervention is proposed, with the intention of revitalizing landscape and territorial dynamics (with the river and neighboring villages) that have been noticed with more vehemence within the property. Starting from a very strong connection with the environment, the proposed analysis develops in a constant search for the premises that relate to the direct context of the farm, but also recovering strengths visible on a broader scale of the territory. Doing this, the object of study was not felt as a frontier for the proposed analysis, but rather as an incentive to a more consequent observation of the villages of Goujoim and Lugar da Ribeira do Tedo. In accordance with the strategy that is being delimited, the ruin assumes itself as the starting point for the project, being its exploitation directed to the constructive aspects and background that it holds. In this regard, this is an element that marks the passage of time, adopting a differentiating element into the context in which it is inserted, and also acting like a memory revival piece of the spaces and environments around it. It is, however, also a front which becomes necessary to deal with and which has encouraged parallel analyses of reference projects, inserting its conception developed according to several practical notions, from its rehabilitation, expansion or even complete preservation. This way, despite the intervention proposing a new dynamic logic within the project's terrain, it seeks to reinforce moments that have been identified in its actual condition. It essentially preserves a notion of heritage, not only about what was built, but of the collective memory and of distinct quality, such as those of Água do Tedo.
Description: A presente dissertação surge de uma relação muito direta de vivência e proximidade com as paisagens durienses e, de modo inerente, das suas arquiteturas. Desta forma, o objeto selecionado como ponto de partida, a Quinta da D. Moura, inserindo-se ao longo das vertentes do vale do rio Tedo, foi o mote proposto para uma abordagem destas realidades que se veem desvanecer com o tempo. Propõe-se uma possível intervenção com o intuito de revitalizar dinâmicas paisagísticas e territoriais (com o rio e povoações vizinhas) que se registaram com mais veemência dentro da propriedade. Partindo de uma ligação muito forte com o meio natural, a análise proposta desenvolve-se numa procura constante das premissas que se relacionam com o contexto direto à Quinta, mas também recuperando forças que se leem numa escala já mais abrangente do território. Desta forma, não se sentiu o objeto de estudo como uma fronteira para a análise proposta, mas sim um incentivo a um olhar mais consequente e ligado às povoações de Goujoim e Lugar da Ribeira do Tedo. Em conformidade com a estratégia que vai sendo delimitada, a ruína assume-se como ponto de partida para o projeto, sendo a sua exploração direcionada para os aspetos e saberes construtivos que a mesma detém. Neste sentido, este é um elemento que demarca a passagem do tempo, adotando um traço forte no contexto em que se insere, e comportando igualmente a função de memória dos espaços e ambientes em seu redor. É, no entanto, também uma frente com a qual se torna necessário saber lidar e que incentivou análises paralelas de projetos de referência, inserindo a sua conceção desenvolvida segundo diversas noções práticas, passando pela sua reabilitação, ampliação ou completa preservação. Deste modo, apesar da intervenção propor uma nova lógica dinâmica dentro do terreno do projeto, procura reforçar momentos que se identificaram na sua condição presente. Preserva-se essencialmente uma noção de património, não apenas relativo ao construído, mas da memória coletiva e de qualidade distintas, como as da Água do Tedo.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
TID identifier: 202630668
URI: https://hdl.handle.net/10216/131606
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
437375.pdfMemórias da Água e de um Lugar entre Goujoim e a Ribeira do Tedo: Transformações na Quinta da Dona Moura167.23 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.