Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/128274
Author(s): Joaquim Marques Vinagre Ferreira
Title: "Big Fuck": Requalificação de um edifício abandonado na Benedita
Issue Date: 2019-11-12
Abstract: This dissertation intends to present an investigation about the problem that is an abandoned building, built in the late eighties, in the center of the parish of Benedita (Alcobaça). The actual state of the construction corresponds to an interruption of the work in its final phase, resulting in an 'almost-building' of multi-family housing, with parking lots, commerce and shops. Its interruption, triggered by economic factors (corresponding to a large amount of invested capital that is found), made also possible that several other problems had occurred in the time since the abandonment of construction and that translated into a real state of discomfort and community's dislike of the case - which lacks of solution (and discussion) for over a quarter century. Big Fuck, is the popular name by which the building became known in Benedita slang, a name that the author found satisfactory in describing the 'big' problem that the whole enterprise generated and the specific case presented here. Although the building is also formally referred to as 'Tomás Fonseca Building', adopting the name of its author, architect and head of the construction company which, by failing, prevented the completion of the work, and although in the drawings of the existing project collected in the Alcobaça city hall, the name given is Benedita Building. 'Big Fuck', as a name from slang, not only reinforces the idea of building from the circumstance, the reality of its immediate surroundings, but also refers to possible puns like Big Funk, or Big Fun (the first, the result of conversations with interested people in skateboarding, and funk being a rhythm-focused style of music, which implies 'a mix' of various types or styles, of instruments and of music, and the second, referring to that same idea of 'mix', but through the study of several projects, one of them, Cedric Price's Fun Palace) that sound like clues to a possible new program. Since the yard has been abandoned, in addition to the negative aspects that will be discussed, the construction has been the target of some types of appropriation, of which the use of the parking floor is still frequent the practice of extreme sports, specifically skateboarding. This appropriation, combined with the privileged qualities that the dimensions of the construction allow compared to the rest of this urban core, and the fact that the whole situation is in a 'deadlock' in which opinions are divided without unanimity, thus motivate the realization of a project for the public space (and surroundings), which aims the construction of a skatepark, specifically in the already appropriate space (underground floor), and, consequently, an intervention / rehabilitation project of the existing structure, which, intending to dynamize It, according to the program dictated by appropriation, and through the ideas of association and cooperation, proposes a 're-adjustment' of the function for which it was originally intended. Thus, this is a project for an open public for collective use, for the appropriation of the community from Benedita itself, its associations, schools or businesses. Between the Demolition and the Requalification refers both to the state or situation of the object presented here, as well, describes the project of requalification developed here, a requalification of the type, in which the structure is reused, but presupposes façade alteration, and therefore, demolition of non-structural walls and (openings) of slab - as a result of a complete programmatic transformation aimed at redesigning a family housing building into a housing, learning and training building composed of a varied combination of different uses.
Description: A presente dissertação pretende dar notícia de uma investigação acerca do problema que constitui um edifício abandonado, construído nos finais dos anos oitenta, no centro da freguesia de Benedita (concelho de Alcobaça). O actual estado da construção corresponde a uma interrupção da obra na sua fase final, tendo daí resultado um 'quase-edifício' de habitação plurifamiliar, com estacionamento, comércio e escritórios. A sua interrupção, desencadeada por factores económicos (correspondendo a uma grande quantidade de capital investido que se encontra imobilizado) veio ainda proporcionar que diversos outros problemas viessem a ocorrer no tempo decorrido desde o abandono da construção e que se traduz num actual estado de desconforto e desagrado demonstrado pela comunidade em relação ao caso - que carece de solução (e de discussão) há mais de um quarto de século. Big Fuck , é o nome popular pelo qual a construção ficou conhecida na gíria beneditense, nome que o autor considerou satisfatório na descrição do 'grande' problema que todo o empreendimento gerou e do caso específico que aqui é apresentado. Apesar da construção ser também formalmente referida como 'Edifício Tomás Fonseca', adoptando o nome de seu autor, arquitecto e responsável pela empresa de construção que, ao falir, impediu a conclusão da obra, e ainda que nos desenhos do projecto existente recolhidos na Câmara de Alcobaça, o nome atribuído seja Edifício Benedita. 'Big Fuck', como nome proveniente da gíria, não só reforça a ideia de construir a partir da circunstância, da realidade da sua envolvente próxima, como também remete a possíveis trocadilhos como Big Funk, ou Big Fun (o primeiro, fruto de conversas com interessados no skate, e sendo funk um estilo de música focado no ritmo, que implica 'um mistura' de vários tipos/estilos ou instrumentos de música, o segundo, referente a essa mesma ideia de 'mistura', mas através do estudo de vários projectos, um deles, o Fun Palace, de Cedric Price) que soam a pistas para um novo programa possível. Desde que o estaleiro se encontra ao abandono, para além dos aspectos negativos constatáveis, e de que se falarão à frente, a construção foi alvo de alguns tipos de apropriação, dos quais se destacam por ser ainda frequente, o uso do piso de estacionamento para a prática de desportos radicais, mais especificamente, de skate. Essa apropriação, aliada às qualidades priveligiadas que as dimensões da construção permitem comparativamente ao restante edificado deste núcleo urbano, e ao facto de toda a situação se encontrar num 'impasse' em que as opiniões se dividem sem que exista unânimidade, motivam assim, a realização de um projecto para o espaço público (e envolvente próxima), que visa a construção de um skatepark, concretamente, no espaço já apropriado (piso subterrâneo), e, consequentemente, um projecto de intervenção/reaqualificação da estrutura existente, que, pretendendendo dinamizá-la, de acordo com o programa ditado pela apropriação, e através das ideias de associação e cooperação, propõe um 're-ajustar' da função a que era inicialmente destinado. Desse modo, trata-se aqui de um projecto para um edifício de uso colectivo, em aberto, destinado à apropriação da própria comunidade Beneditense, suas associações, escolas ou empresas. Entre a Demolição e a Requalificação é tanto referente ao estado/situação em que se encontra o objecto aqui apresentado, como também descreve o projeto de requalificação aqui desenvolvido, uma requalificação das do tipo, em que se re-aproveita a estrutura, mas pressupõe alteração de fachada, e portanto, demolição de paredes não-estruturais e (aberturas) de laje - consequência de uma completa transformação programática, que visa reformular um edifício de habitação para famílias, num edifício de habitação e formação, composto por uma combinação variada de diferentes usos.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
URI: https://hdl.handle.net/10216/128274
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
411098.pdf"Big Fuck": Requalificação de um edifício abandonado na Benedita215.2 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.