Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/126778
Author(s): Gonçalves, Paula
Monteiro, Ana
Silva, Bruno
Title: As diferenças das temperaturas de superfície determinadas através das imagens de satélite Landsat 8, no verão e no inverno em Vila Nova de Gaia
Issue Date: 2018
Description: O avanço nas tecnologias da deteção remota tem proporcionado o conhecimento cada vez mais detalhado da superfície terrestre. Tais tecnologias permitem calcular os valores da temperatura de alvos à superfície. Nos estudos de climatologia urbana, a deteção remota, através da aquisição da temperatura da superfície, tem auxiliado na compreensão da distribuição das fontes de calor que contribuem para a formação de ilhas de calor urbanas. O satélite Landsat 8, com sensores de infravermelho termal (bandas 10 e 11 do Landsat 8) permitem a quantificação da temperatura aparente da superfície, podendo-se diagnosticar ilhas de calor superficiais. As temperaturas dos alvos fornecidas pelo satélite durante o dia (11h - horário local) apresentam valores superiores às temperaturas do ar, deste modo, as imagens de satélite oferecem o desenho da temperatura local, sendo um importante instrumento para a comparação entre o rural e o urbano. Assim, este estudo tem como objetivo a comparação das temperaturas de superfície determinadas a partir das imagens termais, numa situação típica de verão e de inverno, em Vila Nova de Gaia, concelho com um clima temperado do subtipo mediterrânico e com uma forte influência atlântica. Para além das cartas térmicas dos alvos foram elaborados gráficos de análise rítmica com o fim de analisar as características do estado de tempo nos dias que antecederam as imagens de satélite. Os resultados revelam diferenças superficiais de temperatura, numa mesma área. No verão, quer a temperatura do ar quer a temperatura dos alvos é elevada, fazendo ressaltar os espaços da cidade fortemente edificados, assim como as áreas industriais e as áreas devastadas por fogos florestais, onde o coberto vegetal é reduzido ou nulo podendo até ter sido substituído por cinzas. No inverno a ação termorreguladora do oceano sobre o litoral é evidenciada com clareza, onde as temperaturas são ligeiramente mais elevadas do que algumas áreas mais interiores do concelho e áreas urbanizadas. Este trabalho comprovou que a utilização do sensor infravermelho termal é uma técnica importante para fornecer a temperatura qualitativa da cidade, que pode contribuir na perspetiva do planeamento urbano, na medida em que são definidos padrões na distribuição da temperatura da superfície de acordo com o uso e a ocupação do solo. O uso das imagens de satélite foi decisivo para evidenciar as fontes de calor na origem da formação das ilhas de calor urbanas.
Subject: Geografia
Geography
URI: https://hdl.handle.net/10216/126778
Source: Livro de Atas do XVI Colóquio Ibérico de Geografia: Península Ibérica no Mundo: problemas e desafios para uma intervenção ativa da Geografia
Document Type: Artigo em Livro de Atas de Conferência Internacional
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUP - Artigo em Livro de Atas de Conferência Internacional
FLUP - Artigo em Livro de Atas de Conferência Internacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
391286.pdf1.08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.