Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/126655
Author(s): Raquel Coelho de Matos
Title: Integração, Adaptação, Reconversão. Planeamento urbano da orla costeira face à subida da água do mar no caso de Vila Chã
Issue Date: 2019-11-08
Abstract: The purpose of this dissertation stems from personal interest in understandingthe recent dynamics that devastate the Portuguese territory, particularly the coastallandscape, with the recent concerns in relation to coastal villages with the risks of risingsea water levels (foreseen by the reports of the International Panel on Climate Change,NASA, etc.) as well as the worsening coastal erosion identified by the Portuguese EnvironmentAgency. In this way, the role of the architect as a re-organiser of urban space is reviewed,reflecting on how to prevent changes in a work process and the design of a finalstrategy, in order to protect the natural heritage, built heritage and the communities.In this way, the study of the national Coastal Shoreline Programme, which will besoon implemented in Northern Portugal, becomes essential. This programme is consideredcontroversial because of its extreme and widespread way of acting (since it seemsto devalue the objectives of local urbanism: in the Urban Rehabilitation Areas, wherein the case of Vila Chã it is proposed the prevention of the architectural heritage anda rehabilitation of the public space relating it to the beach; or in the existing municipalmaster plan, allowing building where this programme proposes their eradication).Theprogramme not only calls into question the displacement of the inhabitants of their areaof residence, but also the disappearance of part of human relations with the territory. Asit happens in Praia and Facho located in Vila Chã (limit of Vila do Conde), where the continuityof the artisanal fishing is hindered and part of the centennial landscape of the "seahouses" eradicated.As such, the Portuguese context and its situation aggravated by the lack ofplanning, with the intention of creating an intervention strategy, through the study ofpossible scenarios of action in the coastal territory, are discussed. Recognizing that aneffective strategy does not only reflect on the technical aspects of risk mitigation as itmay result in an acceptance by the population leading to stagnation of the process oneone hand, or the extinction of the fishing community of Praia and Facho on the other, itis proposed to take a strategic view based on the preservation of local identity, valuingit in the same way that it integrates, adapts and reconvertes in a resilient territory, thusapplying it to the practical case - Facho and Praia in Vila Chã.
Description: O intuito da presente dissertação decorre do interesse pessoal em compreender as recentes dinâmicas que assolam o território Português, particularmente a paisagem litoral, que preocupa os povoados litorais pelo acrescido risco do aumento do nível da água do mar (prevista pelos relatórios do International Panel on Climate Change, NASA, etc.), assim como a agravada erosão litoral identificada pela Agência Portuguesa do Ambiente. Revê-se desta forma o papel do arquitecto como reoganizador do espaço urbano, reflectindo sobre a forma de acautelar mudanças num processo de trabalho e no desenho de um conjunto de estratégias, de forma a protejer o património natural, o património construído e as comunidades.Desta forma, torna-se essencial o estudo do Programa da Orla Costeira que será brevemente implementado no Norte de Portugal. Este programa considerado controverso pela sua forma de actuação extremada e generalizada (já que parece desvalorizar os objectivos de urbanismo locais: nas Áreas de Reabilitação Urbana, onde no caso de Vila Chã se propõe a prevenção do património arquitectónico e uma reabilitação do espaço público, relacionando-o com o areal; ou no PDM em vigor que permite edificação onde o POC propõe a sua erradicação). O programa põe em causa não apenas a deslocação dos habitantes da sua área de residência, mas também o desaparecimento de parte das relações humanas com o território. Tal como acontece no Lugar da Praia e do Facho, localizados na Freguesia de Vila Chã (limite sul de Vila do Conde), onde a continuidade da pesca artesanal é dificultada e parte da paisagem centenária de "casas de mar" erradicada.Como tal, é discutido o contexto Português e a sua situação agravada pela falta de planeamento, com a intenção de criar uma estratégia de intervenção, através do estudo dos possíveis quadros de actuação no território litoral. Reconhecendo que uma estratégia eficaz não reflecte apenas sobre os aspectos técnicos da mitigação do risco, pois pode resultar numa não-aceitação por parte da população levando à estagnação do processo por um lado, ou à extinção da comunidade piscatória da Praia e do Facho por outro, propõe-se um olhar estratégico que assente sobre a preservação da identidade local, valorizando-a da mesma forma que se integra, adapta e reconverte num território resiliente, aplicando-o assim sobre o caso prático - Lugar do Facho e da Praia em Vila Chã.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
URI: https://hdl.handle.net/10216/126655
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
389467.pdfPATRIMÓNIO (I)MATERIAL-CONSERVAR A COMUNIDADE -Estratégia de proteção da comunidade piscatória de Vila Chã face à subida da água do mar391.57 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.