Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/124782
Author(s): Martins, Márcia Matilde Castro
Gomes, António Alberto
Santos, Pedro Pinto
Title: Delimitação de Áreas Inundáveis no Centro Urbano de Amarante, Norte de Portugal, utilizando o Software Iber
Issue Date: 2019
Abstract: The analysis of fl oods, considered extreme and potentially devastating processes, is important for territories thatare frequently aff ected, such as the Portuguese territory, where, annually, these natural disasters cause losses anddamages, aff ecting people, goods and services in several places along the country. In this sense, we analyze thefl oods on the urban center of Amarante city (northern region of Portugal) whose main purpose is the delimitationof fl ood-prone areas, and also the determination of other descriptive parameters of the fl ood, such as depth andwater velocity. Therefore, the Iber software was used a two-dimensional mathematical model for the simulationof water fl ow in rivers and estuaries (BLADÉ et al., 2012). The obtained results show the most critical areas tothe occurrence of these extreme events, and in the case of the city of Amarante, two streets on the left bank of theTâmega river (Rua 31 de Janeiro and Largo Conselheiro António Cândido) stand out. These streets concentrate a lotof activities and services which make them very busy places and, in case of fl ood, entail many direct and indirectlosses and material damages in several commercial establishments. In addition, with the results, we can understandthe big infl uence that the existing bridge in the studied sector (historical São Gonçalo bridge) has in the aggravationof these processes, once it act as a barrier to the water circulation. The application of hydraulic modeling in thestudy of fl oods is an asset, since the process generates reliable results, allowing the defi nition of critical areas forthe occurrence of these events, through the elaboration of cartography that shows itself as an important instrument,in support of appropriate spatial planning. However, it is important to highlight that hydraulic modeling is verydependent on the input data, in particular, on a detailed digital surface model (DSM).
Description: A análise das cheias e inundações, processos hidrogeomorfológicos extremose potencialmente devastadores, é importante sobretudo em territóriosfrequentemente afetados, como é o caso do território português, onde estesdesastres naturais provocam avultadas perdas e danos, afetando pessoas, bense serviços em várias regiões do país. Neste sentido, procedemos à análise dascheias no centro urbano da cidade de Amarante (Norte de Portugal), tendo comoprincipal objetivo a delimitação de áreas inundáveis, bem como a determinaçãode outros parâmetros descritivos da inundação: profundidade da água e velocidadedo fl uxo. Assim, recorremos à modelação hidráulica utilizando o software Iberque usa um modelo matemático bidimensional para a simulação do fl uxo daágua em rios e estuários (BLADÉ et al., 2012). Os resultados obtidos mostramas áreas mais críticas à ocorrência destes eventos extremos sendo que, no casoda cidade de Amarante, se destacam dois arruamentos da margem esquerda dorio Tâmega (Rua 31 de Janeiro e Largo Conselheiro António Cândido). Estasruas concentram muitas atividades e serviços o que faz com que sejam bastantemovimentadas podendo, em caso de cheia, provocar elevados prejuízos e danosmateriais nos vários estabelecimentos comerciais. Para além disso, através dosresultados percebemos a grande infl uência que a ponte existente no setor emestudo (ponte histórica de São Gonçalo) tem no agravamento destes processos,visto que funciona como estrangulamento do vale e barreira à livre circulação da corrente. A aplicação da modelação hidráulica no estudo das cheias e inundações revela-se uma mais-valia,pois é um processo que gera resultados fi áveis que permitem avaliar as áreas críticas à ocorrência destes eventos, através da elaboração de cartografi a que se assume como um importante instrumento de suporte a um adequado ordenamento do território. Contudo, é necessário salientar que a modelação hidráulica está muito dependente dos dados de base, nomeadamente, de um modelo digital de superfície (MDS) pormenorizado
Subject: Geografia
Geography
URI: https://hdl.handle.net/10216/124782
Document Type: Artigo em Revista Científica Internacional
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUP - Artigo em Revista Científica Internacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
370867.pdf2.56 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.