Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/122058
Author(s): Luísa Maria Felizardo Fernandes da Silva
Title: Habitação Pública no Porto: Novos Desafios do Século XXI - Um caso de estudo
Issue Date: 2019-07-23
Abstract: This work intends to contribute to the urgently required reflection on state-provided housing. It is, as such, essential to explore past and present strategies implemented as a way to pursue new approaches to housing that are adjusted to a world in constant change and, in particular, to the social reality of the Portuguese population.In decisive moments in History, architecture has been able to respond - both in theory and practice - to the various needs of society. Sustained by human development, it has always distinguished itself through the conception of city and housing in what is a substantial part of architecture's genetic code.There are current new demands to which housing must respond. In the previous decades, accentuated social, labour and technological transformations occurred, leading to new challenges and a constant evolution of the house. Emerging lifestyles and proposed housing models are greatly dissociated for various motives, ranging from the scarce resources made available for production to the need to respond to diverse inhabitants in anticipation of the significant social, family and work transformations over time.Past examples of social housing are diverse and often marked by specific movements in architecture or by relevant, impactful historical events that account for social development. Today we encounter great social challenges and are able to look at social housing as a bonding, inclusive project able to promote the improvement of the quality of housing in Portugal.My intent with this dissertation is, thus, to reflect on policies of social housing, in broadband, considering the diverse physical degrees of housing, from housing unit to neighbourhood, and the essential aspects linked to the establishing of urban continuities. It is my belief that the new generation of architects must give special attention to these policies by offering a valid response to the yearnings and demands of 21st century society.
Description: Este trabalho pretende dar um contributo à reflexão que urge fazer em matéria de habitação promovida pelo Estado. Torna-se por isso, essencial explorar as estratégias implementadas no passado e no presente, que permitam encontrar novos horizontes para o pensamento de uma habitação adaptada a um mundo em constante mudança e à realidade social da população portuguesa.A arquitetura ocupou, em determinados e decisivos momentos da história, um lugar de elevada importância. Ao longo dos tempos, a arquitetura soube dar resposta às diversas necessidades da sociedade do ponto de vista teórico e prático. Apoiando-se no desenvolvimento humano, destacou-se, desde sempre, de outras áreas pela conceção da cidade e da habitação, característica esta que constituí grande parte daquilo que é o código genético da arquitetura.Atualmente, encontramos novas exigências a que a habitação tem que responder. Nas últimas décadas ocorreram acentuadas transformações sociais, laborais e tecnológicas que geraram novos desafios e constante evolução do espaço da casa. Observa-se uma grande dissociação entre os modos de vida emergentes e os modelos habitacionais propostos. No caso da habitação de interesse social, esta problemática revela-se mais evidente por diversos motivos. Em primeira instância pela escassez de recursos para a sua produção, mas também, pelo facto de este modelo de habitação necessitar de ser pensado de forma a dar resposta a habitantes de diferentes características, antecipando-se transformações sociais, familiares ou laborais significativas, que aconteceram ao longo dos tempos.Os exemplos do passado, na área da habitação social são diversos, sendo que alguns deles foram influenciados pelo surgimento de certos movimentos na arquitetura e marcados por momentos históricos importantes, que permitiram o desenvolvimento da sociedade. Hoje, encontramos grandes desafios sociais e podemos olhar para a habitação pública como um importante projeto agregador, inclusivo e promotor da melhoria da qualidade habitacional portuguesa.Nesta dissertação, pretendo levar a efeito uma reflexão sobre políticas sociais de habitação, numa visão alargada, considerando os diversos graus físicos habitacionais, do fogo ao bairro, e os aspetos essenciais ligados à constituição de continuidades urbanas. Entendo que, a nova geração de arquitetos deve prestar especial atenção a estas políticas, oferecendo respostas aos anseios e exigências da sociedade do século XXI.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
URI: https://hdl.handle.net/10216/122058
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
348581.pdfHabitação Pública no Porto: Novos Desafios do Século XXI - Um caso de estudo33.44 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.