Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/121990
Author(s): Hélder Alexandre Assunção Oliveira
Title: A (im) pertinência do diálogo - entre a Natureza e a Abstração
Issue Date: 2019-07-22
Abstract: We are living in a state of apnea, drowning in an atmosphere of turbulence and turmoil, mediated by an excessive proliferation of the information and communication systems. Consequently, the setting of an increasing autonomy of the field towards the natural realm manifests itself, restraining itself to generic abstract models that progressively separate being from the physical reality that surrounds him, creating an illusory parallel universe of fake proximities.Effectively, the superficiality that composes the range of arguments frequently used as an answer to the speculative pressure, projects the intent of a building to an image-based universe, underestimating the negotiation and dialogue between two structuring domains in Architecture - Nature (NN) and Abstraction (AA).This dissertation seeks to inaugurate a space for reflection on the intersection of these two domains, based on a two-folded structure that corresponds to two complementary but different approaches: the first, starts from a dialogue to undress potential (dis)encounters between the two domains, subject to a first scrutiny followed by the creation of a spectrum (NN.NA.AA) that lays out and mediates both; the second focuses on a parallel practical investigation that highlights the singularity of an attitude and its effect on the pertinence of a dialogue, based on the previous choice of three specific and antagonistic contexts that stimulate the development of a discovering process based on the uncertainty of a principle, confirmed under the design of three installations that synthetize and open a useful debate of the construction and pertinence of a dialogue.
Description: Vivemos em apneia, submersos numa espessa atmosfera de turbulências e agitações, mediada por uma excessiva proliferação de redes de informação, imagens e comunicação. Como consequência, é manifestada uma crescente autonomia da disciplina, que se encerra e cinge a modelos genéricos, abstratos e virtuais que afastam progressivamente o ser da realidade corpórea que o rodeia, criando um universo colateral de ilusões e de falsas proximidades.Com efeito, a superficialidade que compõe a teia de argumentos frequentemente utilizada como resposta à pressão especulativa, projeta o intuito de uma construção para o universo imagético, menosprezando o corpo processual da negociação e do diálogo entre dois domínios estruturantes à Arquitetura - Natureza (NN) e Abstração (AA).A presente dissertação propõe, deste modo, uma reflexão em torno do cruzamento destes dois domínios, apoiando-se numa estrutura desmembrada em dois segmentos complementares: o primeiro, parte da génese de um diálogo para desobscurecer um plano de potenciais (des)encontros entre os dois domínios, submetendo-os a um primeiro escrutínio seguido da criação de um espetro (NN.NA.AA) que dispõe e ordena o choque entre ambos; o segundo, desenvolve uma linha paralela de investigação prática com foco na singularidade de uma postura e o efeito consequente na pertinência de um diálogo, partindo de uma escolha precedente de três contextos específicos e antagónicos entre si que impulsionaram a construção de um processo de descoberta baseado na incerteza de um princípio, culminando na elaboração de três instalações que se apresentam como síntese e abertura de um debate útil à pertinência de um diálogo.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
URI: https://hdl.handle.net/10216/121990
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
347652.pdfA (im) pertinência do diálogo - entre a Natureza e a Abstração84.59 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.