Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/119955
Author(s): Madalena Isabel Sereno de Almeida
Title: Continuidade, subversão e sobrevivência: o habitar como parte do processo de produção de arquitectura
Issue Date: 2019-05-23
Abstract: As a moment that anticipates the professional activity, the present dissertation comes up as an oportunity to approach, study and to problematize relevant topics to the architect's accion, which didn't took place during the academic course.Starting from naive reflections about popular architecture, emerged the desire to work on the theme of appropriation, as a process of interaction between inhabitantdwelling, enhancer of transformation and continuity of architecture.From exercises of observation and reading of different domestic realities, it was tried to understand modes of reception and interaction between inhabitant-dwelling; in addition to exploring the concepts of dwelling, housing, and home asseparate but essential entities for the understanding of inhabiting.The work assumes the character of a dissertation project, as the project conception emerges as a way of treatment, problematization and understanding of participatory and inclusive processes of the wills and needs of the inhabitants.
Description: Enquanto momento que antecipa a actividade profissional, a presente dissertação surge como oportunidade de abordar, estudar e problematizar temas relevantes à acção do arquitecto, que não tiveram lugar no decorrer do percurso académico.Partindo de reflexões ingénuas sobre arquitectura popular, surgiu a vontade de trabalhar o tema da apropriação, enquanto processo de interacção entre habitantearquitectura habitacional, potenciador de transformação e continuidade de arquitectura.A partir de exercícios de observação e leitura de realidades domésticas distintas, procura-se compreender modos de acolhimento e interacção entre habitantehabitação; para além de explorar os conceitos habitação, casa e lar, enquanto entidades distintas, mas essenciais para a compreensão do habitar.O trabalho assume o carácter de dissertação projecto, na medida em que a concepção projectual surge como modo de tratamento, problematização e compreensão de processos participativos e inclusivos das vontades e necessidades doshabitantes.Assim, a arquitectura surge enquanto objecto evolutivo que ultrapassa a acção do arquitecto, cuja continuidade depende da acção, interpretação e subversão por parte do habitante.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
URI: https://hdl.handle.net/10216/119955
Document Type: Dissertação
Rights: restrictedAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
335645.pdf
  Restricted Access
Continuidade, subversão e sobrevivência: o habitar como parte do processo de produção de arquitectura308.31 MBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.