Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/119464
Author(s): Joaquim Teixeira
Rui Fernandes Póvoas
Title: A Prática da Manutenção de Edifícios Através dos Tratados de Arquitectura e dos Manuais de Construção de Maior Divulgação na Cidade do Porto
Issue Date: 2018
Abstract: Nowadays, when the environmental cause is gaining, although gradually, more significance and importance in public opinion, the practice of building maintenance it is imposed as an activity to be favoured for a sustainable action. Simultaneously, the maintenance of old buildings represents the adequate way for the preservation of its cultural values, with a particular emphasis on the architectural and constructive ones.When maintenance involves old buildings, it is highly consensual to deepen knowledge about history, from architecture to crafts, seeking to obtain important information, either to confront it to current scientific and technical knowledge or to launch new research tracks.Therefore, the design of a manual for the maintenance and use of old and ordinary buildings cannot dispense the consulting of the historical and technical literature.In the context of an investigation that has been developed for the design of a maintenance manual for the bourgeois house of Porto, a campaign was carried out to analyse the architectural treatises and manuals that had circulated during the period of great urban development of the city of Porto, in order to find useful information on this topic for the present days.However, contrary to initial expectations, the documents consulted reveal very little about the practice of building maintenance. In fact, only the receipts included in the construction manuals can constitute a contribution to the current maintenance practice, taking into account the information they contain about the materials and techniques used in the past.
Description: Numa época em que a causa ambiental vai ganhando mais significado e importância na opinião pública, ainda que paulatinamente, a prática da manutenção de edifícios impõe-se como uma actividade a privilegiar para uma actuação sustentável. Concomitantemente, a manutenção de edifícios antigos representa a via mais adequada para a preservação dos seus valores patrimoniais, com principal destaque para os arquitectónicos e construtivos.Quando a manutenção envolve edifícios antigos, é por demais consensual aprofundar o conhecimento sobre a história, da arquitectura e dos ofícios, procurando obter informação importante, seja para a confrontar com o conhecimento científico e técnico actual, seja para lançar novas pistas de investigação.Por conseguinte, a concepção de um manual de manutenção e utilização de edifícios antigos, ainda que de natureza corrente, não pode prescindir da consulta à literatura técnica histórica.No âmbito de uma investigação que tem vido a ser desenvolvida para a concepção de um manual de manutenção da casa burguesa do Porto, efectuou-se uma campanha de análise aos tratados de arquitectura e manuais de ofício que circularam durante o período de grande desenvolvimento urbano da cidade do Porto, no intuito de encontrar informação útil sobre esta temática para a actualidade.Todavia, ao contrário das expectativas iniciais, os documentos consultados, praticamente nada revelam sobre a prática da manutenção de edifícios. Com efeito, apenas as receitas constantes nos manuais de ofício, podem constituir um contributo para a manutenção na actualidade, por via da revelação dos materiais e das técnicas usadas.
URI: https://hdl.handle.net/10216/119464
Source: Rehabend 2018, Euro-American Congress on Construction Pathology, Rehabilitation Technology and Heritage Management
Document Type: Artigo em Livro de Atas de Conferência Internacional
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Artigo em Livro de Atas de Conferência Internacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
309663.pdf1.36 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.