Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/118297
Author(s): Maria Beatriz Monteiro Simões Fernandes Ferreira
Title: O espaço prisional - reflexão sobre o papel de arquitetura prisional no processo de reabilitação social do recluso
Issue Date: 2018-11-12
Abstract: This dissertation focuses on the importance and contribution of prison architecture towards the successful achievement of the current penal purpose, based on the rehabilitation and re-socialization of inmates during and after their period of imprisonment. This study intends to explore the feasibility of applying spatial solutions present in contemporary prison architecture to any country, regardless of their cultural, economic, social, political and geographical specificities.Due to the existence of very few Portuguese works on this theme, there was the need to address this absence through: a general study of the solutions adopted throughout the history of prison architecture; an analysis of the viability of contemporary solutions (characteristic of Nordic countries); and research on the possibility of extending these new spatial criteria to a country such as Portugal, whose characteristics are so disparate.After concluding that there is no ideal prison model for all situations, five spatial indicators are presented which, together with other factors, can work as general guidelines for the projection of appropriate prison solutions for re-socialization. To this end, firstly, a bibliographical review was carried out to understand how the prison solutions adopted throughout history influenced inmates; secondly, in order to understand the applicability of contemporary prison models, practical research was carried out, which included the comparison of four case studies, with visits to prisons, interviews with inmates, conversations with specialists and meetings with the management of the establishments. All of the above highlighted the validity of applying, within certain measures, principles used in Nordic prisons to countries such as Portugal. To that extent, we confirmed the positive results achieved in the specific case of the Drug Free Unit of the E.P. do Porto. It is hoped that this knowledge can be useful to the development of international and Portuguese prison architecture, as well as encourage ongoing research within this scope.
Description: A presente dissertação aborda a importância e o contributo da arquitectura prisional para o sucesso da concretização da finalidade penal vigente, assente na reabilitação e ressocialização do recluso durante e após o seu período de reclusão. Através deste estudo pretende-se explorar a viabilidade da aplicação das soluções espaciais presentes na arquitectura prisional contemporânea, a qualquer país, independentemente das suas especificidades culturais, económicas, sociais, políticas e geográficas.Dada a existência de raríssimos trabalhos portugueses transversais ao tema, surgiu a necessidade de colmatar esta ausência através de: um estudo geral das soluções adoptadas ao longo da história da arquitectura prisional; de uma análise à viabilidade das soluções contemporâneas (características dos países nórdicos); e da pesquisa sobre a possibilidade da extensão destes novos critérios espaciais a um país como Portugal, cujas características são tão díspares.Após se concluir que não existe um modelo prisional único que se aplique a todas as situações, são apresentados cinco indicadores espaciais que, aliados a outros factores, podem servir de fio condutor geral à projecção de soluções apropriadas à ressocialização. Para tal concretização, em primeiro lugar procedeu-se a uma revisão bibliográfica com o objectivo de entender como as soluções adoptadas ao longo da História, influenciaram o comportamento dos reclusos; em segundo lugar, com o objectivo de entender a aplicabilidade dos modelos prisionais contemporâneos, realizou-se um vasto trabalho prático de comparação de quatro casos de estudo com visitas a espaços prisionais, entrevistas a reclusos, conversas com especialistas e reuniões com a direcção dos estabelecimentos. Todas estas acções evidenciaram a validade da aplicação, dentro de certas medidas, de princípios explorados nas prisões nórdicas, a países como Portugal. Nessa medida verificámos os resultados positivos alcançados no caso específico da Unidade Livre de Drogas do E.P. do Porto. Espera-se que estes conhecimentos possam ser úteis ao desenvolvimento da arquitectura prisional internacional e portuguesa, bem como motivem a continuação da pesquisa dentro deste âmbito.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/118297
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
306803.pdfO espaço prisional - reflexão sobre o papel de arquitetura prisional no processo de reabilitação social do recluso70.48 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.