Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/117083
Author(s): Luís Miguel Guedes Marques
Title: Associação entre o funcionamento executivo, atividade física, e aptidão física e aeróbia em idosos saudáveis
Issue Date: 2018-11-19
Abstract: The main objective of this cross-sectional study is to understand how physical activity, aerobic and functional fitness can modulate cognitive function, namely executive functioning.Sample was comprised by 32 older adults (12 males and 20 females; mean age = 68,8 yrs.) aged between 61 and 77 years old and the following variables were evaluated: 1) Executive functioning, namely processing speed, verbal fluency, working memory and mental flexibility; 2) Cardiorespiratory fitness (VO2max by Bruce protocol) and 3) levels of physical activity (7 days MTI accelerometer).The results showed: i) significant differences (p = 0.000) on VO2max between gender; however, no other differences were observed in any other variables; ii) VO2max correlated with global physical fitness and with different verbal fluency and processing speed neurocognitive tests; iii) a positive significant relationship between was observed between executive functioning and the variable VO2máx; iii) no significant differences were found between executive functioning with SFT, MVPA and sedentary behavior.The present study suggests, therefore, that a better aerobic capacity, which seems to be different between elderly men and women, is positively associated with a bettre executive functioning.
Description: O principal objetivo deste estudo foi compreender como a atividade física moderada a vigorosa e o comportamento sedentário, e a aptidão aeróbia e funcional podem modular a função cognitiva, mais especificamente o funcionamento executivo.O grupo de estudo foi composto por 32 idosos (12 sexo masculino; idade média = 67,17 anos e 20 sexo feminino; idade média = 68,8) tendo sido avaliadas as seguintes variáveis: 1) Funcionamento executivo, nomeadamente, velocidade de processamento, fluência verbal, memória de trabalho e flexibilidade mental; 2) Aptidão cardiorrespiratória (VO2max através do Protocolo de Bruce), e 3) níveis de atividade física (acelerómetro MTI durante 7 dias).Os resultados mostraram que: i) a variável VO2máx apresentou diferenças estatisticamente significativas (p=0,000) entre sexos, não existindo, contudo diferenças significativas nas restantes variáveis; ii) o VO2max correlacionou-se com aptidão física global, e com diferentes testes neurocognitivos de fluência verbal e de velocidade de processamento iii) a relação entre o FE e a variável VO2máx. foi estatisticamente significa; iv) não existiram associações significativas entre o FE com as variáveis SFT, AFVM e comportamento sedentário.Este estudo sugere, assim, que uma boa capacidade aeróbia, que parece ser diferente entre homens e mulheres idosos, está positivamente associada a um bom funcionamento executivo.
Subject: Outras ciências sociais
Other social sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Outras ciências sociais
Social sciences::Other social sciences
TID identifier: 202029379
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/117083
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FADEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
300584.pdfAssociação entre o funcionamento executivo, atividade física, e aptidão física e aeróbia em idosos saudáveis2.01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.