Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/116962
Author(s): Ana Margarida da Silva Cardoso Lopes
Title: Efeito da adição de proteína a uma bebida com hidratos de carbono ingerida antes do exercício em parâmetros fisiológicos e bioquímicos: Um estudo randomizado duplo-cego em atletas de meio-fundo
Issue Date: 2018-11-05
Abstract: The present study aimed to analyze whether the pre-exercise intake of CHO+PRO (0.75+0.25g/kg BW) vs. CHO alone (1.0g/kg BW) distinctly influences physiological parameters, blood metabolic biomarkers and performance during a stepwise running exercise comprising different intensities until exhaustion in middle distance runners. Ten athletes (7 males and 3 females - age 24.7±5.7 e 24.3±1.5 years; BW 63.6±6.8 e 54.4±3.1 kg, respectively) were tested in three occasions with 2-3 days of interval, in a randomized and double-blind design and with the inclusion of placebo. Participants arrived at the laboratory in the morning with at least 10 hours of fasting and, after resting for 15 minutes, they ingested the beverage (CHO+PRO; CHO or PLA) 30 minutes before starting the trial. This consisted in at least seven 4 min running stages with 1 min rest between each exercise period, with the increase of 1 km/h. The subsequent stage could be completed until the end or finished with exhaustion. Venous blood samples were collected in four moments (fasting, 30 minutes after the ingestion of the beverage and after the 4th and 7th stages) and capillary blood at rest and at the end of each stage. The GID and the RPE were registered after each stage. The addition of PRO had no influence in the analyzed physiological parameters (VO2máx, LAn, RER, HR), [La-], GID and RPE. Time until exhaustion was higher in PLA>CHO>CHO+PRO although not significant (1895, 1865 and 1860 seconds, respectively). The analyzed blood metabolic biomarkers (glucose, insulin, FFAs and glycine) were not different between the studied conditions. With the ingestion of PRO, non-significant decrease of glicemia and increase of insulinemia were observed when compared with ingestion of CHO only. In conclusion, the addition of PRO to a smaller amount of CHO, ingested 30 minutes before the described exercise, had no impact on the performance, physiological and biochemical indicators associated to metabolism when compared to the ingestion of CHO only.
Description: O presente estudo pretendeu analisar se a ingestão pré-exercício de HC+PRO (0,75+0,25g/kg) vs. HC apenas (1,0g/kg) influencia de forma distinta parâmetros fisiológicos, biomarcadores sanguíneos de metabolismo e a performance num exercício incremental composto por várias intensidades de corrida até à exaustão em atletas de atletismo da disciplina de meio-fundo. Dez atletas (7 masculinos e 3 femininos - idade 24,7±5,7 e 24,3±1,5 anos; peso 63,6±6,8 e 54,4±3,1 kg, respetivamente) foram testados em três ocasiões, com 2-3 dias de intervalo, de forma randomizada e duplamente-cega e com inclusão de placebo. Os participantes chegaram ao laboratório de manhã com pelo menos 10 horas de jejum e, após 15 minutos de repouso, ingeriram uma bebida (HC+PRO, HC ou PLA) 30 minutos antes de iniciarem o exercício-teste. Este consistiu na realização de pelo menos sete patamares de corrida com duração de 4 minutos cada e intervalo de 1 minuto entre eles, com incrementos de 1 km/h de forma sucessiva, sendo que os patamares subsequentes poderiam ser completados até ao fim ou finalizarem com a exaustão. Foram colhidas amostras de sangue venoso em quatro momentos (jejum, 30 minutos após a ingestão da bebida, no final dos patamares 3 e 7) e sangue capilar em repouso e no final de cada patamar. O DGI e a PSE foram registados no final de cada patamar. A adição de PRO não teve influência nos parâmetros fisiológicos (VO2máx, LAn, QR, FC), na [La-], no DGI e na PSE. Verificou-se que o tempo até à exaustão foi superior na condição de PLA>HC>HC+PRO embora sem significado estatístico (1895, 1865 e 1860 segundos, respetivamente). Os biomarcadores sanguíneos analisados (glicose, insulina, AGLs e glicagina) não se apresentaram diferentes entre as condições. Com a ingestão de PRO verificou-se uma diminuição não significativa da glicemia e aumento da insulina comparativamente com a ingestão de HC apenas. Em suma, a adição de PRO a uma menor quantidade de HC, ingerida 30 minutos antes do referido exercício, não se traduziu em alterações na performance, assim como em indicadores fisiológicos e bioquímicos associados ao metabolismo, quando comparada com a ingestão de HC apenas.
Subject: Outras ciências sociais
Other social sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Outras ciências sociais
Social sciences::Other social sciences
TID identifier: 202027554
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/116962
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FADEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
299490.pdfEfeito da adição de proteína a uma bebida com hidratos de carbono ingerida antes do exercício em parâmetros fisiológicos e bioquímicos: Um estudo randomizado duplo-cego em atletas de meio-fundo1.22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.