Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/116862
Author(s): João Pedro Ferreira Araújo
Title: O Comportamento Visual de Basquetebolistas sub14 em Jogos Reduzidos e Condicionados
Issue Date: 2018-11-06
Abstract: In this dissertation the visual search behavior of U14 basketball players in different competitive levels (such as national and regional) was evaluated during small-sided and conditioned games (i.e. 1vs1 and 2vs1), from the defensive point of view. A total of 48 male players (13,7 ± 0,7 years of age) were tested, 12 players (13,8 ± 0,8 years of age) were included in the national competition group and the remaining 36 athletes (13,7 ± 0,8 years) formed the regional group. The visual search behavior was recorded through the eye tracking system Tobbi Pro Glasses 2®, having used the following visual indicators: medium fixation duration, number of fixations per repetition, medium fixation duration per area of interest, number of fixations per area of interest and percentage of the time of fixation per area of interest. The obtained results showed significative statistical differences in the strategies of visual search among situations of 1vs1 and 2vs1, being the first situation characterized by a larger number of fixations than the second situation (7,223 ± 1,882 vs 6,517 ± 1829). Statistical evidence was also observed among both groups of different competitive levels. Regarding the situation of 1vs1, the group of national competition accomplished a larger number of fixations in the area of ball (National Group=1,113 ± 0,968; Regional group=0,661 ± 0,522) and area upper limb with the ball of the player in ball possession (National Group=0,992 ± 0,602; Regional Group=0,594 ± 0,462), also showing a higher percentage of time fixation for the same areas of interest (Ball: National Group=15,628 ± 14,310, Regional Group=8,342 ± 7,485; Upper limb with the ball of the player in ball possession: National Group=13,284 ± 9,812, Regional Group=7,567 ± 6,638) when compared with the group of regional competition. No differences were found for the 2vs1 situation among groups. By so, we can infer that youth basketball players showed different visual search behaviors according to the task and competitive level.
Description: Nesta dissertação avaliamos o comportamento da procura visual de atletas de basquetebol sub14 de diferentes níveis competitivos (i.e. nacional e distrital), nas situações de jogos reduzidos e condicionados (i.e. 1vs1 e 2vs1), do ponto de vista comportamental defensivo. Foram avaliados 48 atletas do sexo masculino (13,7 ± 0,7 anos de idade), sendo o grupo de competição nacional constituído por 12 atletas (13,8 ± 0,8 anos de idade) e o grupo de competição distrital constituído por 36 atletas (13,7 ± 0,8 anos). O comportamento da procura visual foi registado através do sistema de registo ocular Tobbi Pro Glasses2®, tendo-se utilizado os seguintes indicadores visuais: duração média das fixações, número de fixações por repetição, duração média de fixações por área de interesse, número de fixações por área de interesse e percentagem de tempo de fixação por área de interesse. Os resultados obtidos evidenciaram diferenças estatisticamente significativas nas estratégias de procura visual entre as situações de 1vs1 e 2vs1, sendo a primeira situação caracterizada por um maior número de fixações do que a segunda situação (7,223 ± 1,882 vs 6,517 ± 1,829). Também, diferenças estatisticamente significativas foram observadas entre os grupos de diferentes níveis competitivos. Relativamente à situação de 1vs1, o grupo de competição nacional realizou um maior número de fixações na área de interesse bola (Grupo Nacional=1,113 ± 0,968; Grupo Distrital=0,661 ± 0,522) e área de interesse membro superior com bola do atacante em posse de bola (Grupo Nacional=0,992 ± 0,602; Grupo Distrital=0,594 ± 0,462), contando também com uma percentagem de tempo de fixação superior para as mesmas áreas de interesse (Bola: Grupo Nacional=15,628 ± 14,310, Grupo Distrital=8,342 ± 7,485; Membro superior com Bola do ApB: Grupo Nacional=13,284 ± 9,812, Grupo Distrital=7,567 ± 6,638) quando comparado com o grupo de competição distrital. Relativamente à situação de 2vs1, não foram encontradas diferenças entre grupos. Assim, podemos inferir que os Basquetebolistas sub14 apresentam comportamentos visuais distintos em função da tarefa e do nível competitivo.
Subject: Outras ciências sociais
Other social sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Outras ciências sociais
Social sciences::Other social sciences
TID identifier: 202027805
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/116862
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FADEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
299495.pdfO Comportamento Visual de Basquetebolistas sub14 em Jogos Reduzidos e Condicionados710.62 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.