Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/116258
Author(s): Silva, Carlos Manique da
Ribeiro, Cláudia Pinto
Title: A apropriação do espaço escolar pelo projeto pedagógico: o caso da Escola da Ponte (Portugal)
Issue Date: 2018
Abstract: The present study values the pedagogical project as a frame of action for individuals in the school organization. Indeed, it is according to this perspective that interpretations of the school space by its users (teachers in particular) are analyzed in a very specific context Escola da Ponte .Within the scope of widespread failure of the open-plan school experience in Portugal, the aim of this study is to highlight how the successful experience of Escola da Ponte was born out of the innovative nature of the pedagogical project (questioning the DNA of the pedagogical organization of schools the class). Our interpretation is based on the concept of space as a social construction. Above all, it sustains that it was the consistency of the pedagogical project and the interaction between actors and objects of action that determined how the space was organized rather than the induction process of an open-plan school building. The empirical collection served to ascertain how the space was appropriated by the pedagogical project. A survey was sent by e-mail to the teachers who taught at this school between the mid-1970s and 2012. The chronological gap is due to the lapse of time between the beginning of the pedagogical project and the transfer of facilities to a new building.
Description: O presente estudo valoriza o projeto pedagógico como quadro de ação para os indivíduos na organização escolar. É, justamente, a essa luz que se analisa a forma como o espaço escolar é interpretado pelos utilizadores (nomeadamente, docentes), em um contexto muito específico: a Escola da Ponte (Portugal). Em um quadro de insucesso generalizado da experiência das escolas de área aberta em Portugal, aquilo que se procura demonstrar é que, no caso da Escola da Ponte, o êxito da experiência assentou no caráter inovador do projeto pedagógico (pondo em causa o DNA da organização pedagógica das escolas a classe). A nossa interpretação, baseada no conceito de espaço como construção social, sustenta que foi, sobretudo, a consistência do projeto pedagógico e a interação entre atores e objetos da ação que determinaram a forma como o espaço foi sendo organizado; muito mais do que se tratar de um processo de indução resultante de o edifício ser de área aberta. A recolha empírica constituiu a base para conhecer o modo de apropriação do espaço pelo projeto pedagógico. Nessa ordem de ideias, foi enviado (por correio eletrônico) um inquérito através de um questionário a docentes que lecionaram na referida escola entre meados da década de 1970 e o ano de 2012. O arco cronológico tem a seguinte justificação: tratou-se do lapso de tempo que decorreu entre o início do projeto pedagógico e a transferência de instalações para um novo edifício.
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/116258
Document Type: Artigo em Revista Científica Internacional
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUP - Artigo em Revista Científica Internacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
293751.pdfVersão em português395.2 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
293751.1.pdfVersão em inglês395.52 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.