Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/115367
Author(s): Elsa Marlene Sousa Pinto
Title: A arquitectura como instrumento de compreensão, consolidação e valorização da ruína. O caso de Monte Mozinho, Penafiel
Issue Date: 2018-06-18
Abstract: The Castro of Monte Mozinho is an archaeological site listed as public interest since 1948. It was a town inhabited by indigenous and the roman people, and suffered several reforms in its structure through five centuries. This site, located at an altitude higher than 400 meters above sea level, is the case study of this dissertation, not only due to the personal connection with the place, but also due to after 20 years since its last spatial planning and construction of support infrastructures it is necessary to re-think the place in a architectural sense.The dissertation is divided in five parts, organized in the following order: Contextualization, Patrimonial context intervention, The Case study, Ruin analysis and interpretation, and Castro of Monte Mozinho valorization, which organize and synthetize information that resulted from multiple years of work. Finally, a personal interpretation of the ruin is presented as well as an alternative proposal for the site perception.The main goal of this dissertation is to using the available architecture tools to analyse and interpret the site and the settlement through its reconstitution, therefore contributing to a better understanding these spaces. Ultimately, one aims to understand how the contemporary architecture can enrich these places, offering an alternative for its dynamization.
Description: O Castro de Monte Mozinho é um sítio arqueológico, considerado imóvel de interesse público, desde 1948. Foi uma cidade habitada, certamente, por indígenas em época romana, com reformulações da sua estrutura, realizadas ao longo de cinco séculos. Situado a mais de 400 metros de altitude, é objecto de estudo desta dissertação, não só pelo interesse e relação com o lugar, mas também por, ao fim de 20 anos de reordenamento e construção de infraestruturas de apoio, ser necessário repensá-lo sob o ponto de vista arquitectónico.A dissertação organiza-se em cinco partes: Contextualização, Intervir em contexto patrimonial, O Caso de Estudo, Análise e interpretação da ruína e Valorização do Castro de Monte Mozinho. Pretendem resumir e organizar toda a informação resultante do trabalho acumulado por longos anos, que culmina numa interpretação pessoal da ruína e numa proposta alternativa de leitura do lugar.O objectivo desta dissertação, recorrendo aos instrumentos que a arquitectura fornece, é analisar e interpretar o sítio e o povoado, de forma a contribuir para uma melhoria na sua compreensão, através da reconstituição. E, em última análise, entender a capacidade da arquitectura contemporânea em valorizar estes lugares.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/115367
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
283115.pdfA arquitectura como instrumento de compreensão, consolidação e valorização da ruína. O caso de Monte Mozinho, Penafiel249.84 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.