Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/113271
Author(s): João Miguel Dias Salvador
Title: O risco da superficialidade na Arquitetura Contemporânea| Uma leitura da obra de Rafael Moneo, a partir das Sete lâmpadas de John Ruskin
Issue Date: 2018-07-04
Abstract: The theme of this dissertation arose from the need to develop an investigation about the superficiality into which contemporary architecture seems to tend, trying to identify the principles on which consistent architecture bases and founds. In times when daily life bombards us constantly with images, architectural thought many times limits itself to the imagetic exclusive and strict dimension or mainly sculptural, unlinked from the cultural context in which it inserts, subalterning present values and culture. In such a background, Rafael Moneo's work emerges as a case of model study, for it founds in a work rich in values and meanings, based on a vast culture, which he deepens and enriches.With this dissertation, it was intended to put in evidence the written and built work of two authors who we consider particularly relevant in architectonic thought - John Ruskin and Rafael Moneo -, in the way in which they propose us and follow a knowledge of architecture based on the respect for the present context e history values, exploring continuities with the past without being revolutionary in each one's own time. Rafael Moneo's work will work as central axis of that demand, once it's an example of consistent and pertinent architecture.The investigation and consequent reflexion which was produced were organized according to the structure which is the basis of the John Ruskin's book, The seven lamps of architecture, for the fact that the covered topics have surprisingly proved to be valid and pertinent, and for defining a lecture array, capable of clarifying the principles which determine the pertinence, quality and consistency of an architectonic work, anytime or anywhere. According to the named reflexion structure, the present work was organized in ten chapters.In the first one the theme is introduced, contextualizing it in the contemporary architecture theory, so justifying its relevance. Yet in this chapter, in a second part, a conceptual structure of the dissertation is presented, to clarify the relation between the several parts which compose it.In the second chapter, one tries to identify and let know the different historical and cultural contexts which background John Ruskin's (XIX century) and Rafael Moneo's (XX century) thought and production, which justify a particular way of seeing, thinking and doing architecture.The next seven chapters will correspond to which one of the seven lamps of architecture of John Ruskin - namely, Sacrifice, Truth, Beauty, Power, Life, Memory and Obedience -, from which will be made and transversal analysis to his work, knowing the principles and themes named by each one of them.At last, we conclude the developed investigation work and the present thesis highlighting a set of principles which we consider essentials to the feasibility of a consistent architecture, able to react to fragilities of its practice in contemporaneity. Namely, the several components present in the project conception project - such as materiality, interior spatiality and exterior shape - to the specificity of each program required, avoiding pre-established styles; the statement and coordination between shape, technic and semantics; the establishment of a conceptual dialogue, conquered through abstraction of the perceived natural qualities, and also physical between building and nature; the handling of colour and proportion in the project design; the reinsertion of handcraft in the building execution as main part of its architectonic quality; the establishment of a dialogue with the precedent constructions from the deep knowledge of architecture's history - raging from classical antiquity treatises to the vernacular principles -, as well as the considering for the building's role in long term; lastly, the respect for the specific place in which it inserts, looking for a territory intervention, eventually, incisive, but responsible.
Description: O tema da presente dissertação surgiu da necessidade de desenvolver uma investigação em torno da superficialidade para que parece tender a arquitetura contemporânea, procurando identificar os princípios em torno dos quais se funda e fundamenta uma arquitetura consistente. Numa época em que o dia-a-dia nos bombardeia constantemente com imagens, o pensamento arquitetónico limita-se muitas vezes à exclusiva e estrita dimensão imagética ou meramente escultórica, desligada do contexto cultural em que se insere subalternizando os valores e a cultura em presença. Ante tal panorama, a obra de Rafael Moneo surgiu como caso de estudo exemplar, por se alicerçar num trabalho rico em valores e significados, fundados numa vasta cultura, que continuamente aprofunda e enriquece.Com esta dissertação, pretendeu-se colocar em evidência a obra escrita e construída de dois autores que consideramos particularmente relevantes no pensamento arquitetónico contemporâneo - John Ruskin e Rafael Moneo -, na medida em que nos propõem e perseguem um entendimento da arquitetura alicerçado no respeito pelo contexto presente e pelos valores da história, explorando continuidades com o passado sem deixarem de ser revolucionários no seu tempo. A obra de Rafael Moneo funcionará como eixo central dessa procura, sendo um exemplo de uma arquitetura pertinente e consistente.O trabalho de investigação e a consequente reflexão que foi produzida foram organizados segundo a estrutura que serve de base ao livro As sete lâmpadas da arquitetura, de John Ruskin, pelo facto dos temas abordados surpreendentemente se terem demonstrado válidos e catuais, e por definirem uma matriz de leitura capaz de aclarar os princípios que determinam a pertinência, qualidade e consistência de uma obra arquitetónica, seja quando ou onde for. De acordo com a estrutura de reflexão apontada, organizou-se o presente trabalho em dez capítulos.No primeiro capítulo introduz-se o tema, enquadrando-o na teoria da arquitetura contemporânea, justificando a sua pertinência. Ainda neste capítulo, numa segunda parte, apresenta-se a estrutura concetual da dissertação, com o intuito de clarificar a relação entre as várias partes que a compõem.No segundo capítulo, procura-se identificar e dar a conhecer os diferentes contextos históricos e culturais que enquadram o pensamento e a produção de John Ruskin (séc. XIX) e Rafael Moneo (séc. XX), os quais justificam um determinado modo de ver, pensar e fazer arquitetura.Os sete capítulos seguintes corresponderão a cada uma das sete lâmpadas da arquitetura de John Ruskin - nomeadamente, Sacrifício, Verdade, Beleza, Força, Vida, Memória e Obediência -, a partir das quais será feita uma análise transversal à sua obra, tendo em conta os princípios e temas apontados em cada uma delas.Por fim, concluímos o trabalho de investigação desenvolvido e a presente dissertação destacando um conjunto de princípios que consideramos fulcrais para a exequibilidade de uma arquitetura consistente, apta para reagira às fragilidades da sua prática na contemporaneidade. Nomeadamente , a adaptação das várias vertentes presentes no processo de conceção do projeto - tais como a materialidade, espacialidade interior e forma exterior - à especificidade de cada programa requerido, evitando recorrer a estilos pré-estabelecidos; a afirmação e coordenação entre forma, técnica e semântica; o estabelecimento de um diálogo conceptual, obtido através da abstração das qualidades naturais apreendidas, e também físico entre a obra e a natureza; O tratamento da cor e da proporção no desenho do projeto; a reinclusão do trabalho manual na execução da obra, como parte integrante da sua qualidade arquitetónica; o estabelecimento de um diálogo com as construções antecedentes, através de um conhecimento aprofundado da história da arquitetura - que vai desde os tratados da antiguidade clássica aos princípios vernaculares -, assim como a consideração pelo papel do edifício a longo prazo; por fim, o respeito pelo lugar concreto em que a obra se insere, procurando intervir sobre o território de forma, eventualmente, incisiva, mas responsável.
Subject: Artes
Arts
Scientific areas: Humanidades::Artes
Humanities::Arts
TID identifier: 202377679
URI: https://hdl.handle.net/10216/113271
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
274830.pdfO risco da > superficialidade na Arquitetura Contemporânea| Uma leitura da obra de > Rafael Moneo, a partir das Sete lâmpadas de John Ruskin40.75 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.