Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/110512
Author(s): Tânia Filipa da Silva Oliveira
Title: Desempenho escolar, atividade física, aptidão cardiorrespiratória e síndrome metabólica em crianças e adolescentes.
Issue Date: 2018-01-25
Abstract: Academic achievement has been acquiring an increasing centrality andimportance on educational policy and consequently in the dynamics of schoolorganization. Its impact has been reflected directly in different educationalcontexts, removing importance from physical education classes, not givingstudents opportunities to be more active nor allowing them to acquire healthylifestyle strategies. On the other hand, the current pandemic of physicalinactivity threatens physical and cognitive health in all stages of life. Despitethe the emphasis on the benefits of physical activity has been placed,throughout the ages, on physical nature and public health concerns, it hasmost recently been given more attention to the benefits that it has on cognitivehealth of the population in general and, in particular, on that of children andadolescents. Growing evidence suggests that children and adolescentsphysically active and with better levels of cardiorespiratory fitness have higheracademic achievement compared to those with less active lives. However,many studies have used subjective methods of assessment of physicalactivity and have not considered important variables that influence academicachievement, leading few consistent results.Thus, the present thesis had as its main objective: to analyse between theassociation of physical activity and cardiorespiratory fitness on academicachievement (article I), to verify the double benefit of cardiorespiratory fitnessin physical and cognitive health (article II), and to perceive the importance ofhigh levels of intensity of physical activity in cardiorespiratory fitness andacademic achievement.To this, three studies involving 1222 children and adolescents (675 girls) agedbetween 10 and 18 years, from public schools in the Porto area, wereconducted. For the assessment of the main variables of the study objectivemeasureswere used. Physical activity was measured using accelerometersand cardiorespiratory fitness was estimated through the Shuttle run test. Bodymass index, waist circumference and systolic and diastolic blood pressurewere measured by standardized procedures. The blood samples werecollected to determine levels of high density cholesterol, low densitycholesterol, triglycerides and fasting glucose, and academic achievement wasmeasured through the school grades of Native Language (Portuguese) andMathematics.Results suggest that cardiorespiratory fitness is correlated with moderate tovigorous physical activity that, in turn, is associated with better academicachievement. We also found that higher levels of cardiorespiratory fitness areassociated with a decrease of metabolic risk factors. Lastly, we foundsignificant effects of vigorous physical activity levels' on academicachievement.In sum, moderate to vigorous physical activity seems to play an important roleon health in general. Particularly, in addition to promoting health in general,vigorous physical activity may also be constituted as a new strategy in theoptimization of academic achievement.
Description: O desempenho escolar tem vindo a adquirir uma importância e centralidadecrescentes na política educativa e por consequência nas dinâmicas deorganização escolar. O seu impacto tem-se refletido diretamente nosdiferentes contextos educativos retirando importância às aulas de educaçãofísica, fragilizando as oportunidades dos alunos serem indivíduos mais ativose comprometendo estratégias de estilos de vida saudável. Por outro lado, aatual pandemia de inatividade física ameaça a saúde física e cognitiva emtodas as fases da vida. Apesar da ênfase dos benefícios da atividade físicater sido colocada, ao longo dos tempos, no cariz físico e nas preocupaçõesde saúde pública, mais recentemente tem-se dispensado a devida atençãoaos benefícios que a mesma tem na saúde cognitiva da população em gerale, em particular, das crianças e dos adolescentes. Evidências crescentessugerem que as crianças e os adolescentes fisicamente ativos e commelhores níveis de aptidão cardiorrespiratória têm menor propensão àaglomeração dos fatores de risco cardiovascular e um desempenho escolarmais elevado comparativamente com os seus pares menos ativos. Noentanto, grande parte dos estudos utilizam métodos subjetivos de avaliaçãoda atividade física e não consideram variáveis importantes que influenciam odesempenho escolar, conduzindo a resultados pouco consistentes.Deste modo, a presente tese teve como principais objetivos analisar aassociação da atividade física e da aptidão cardiorrespiratória nodesempenho escolar (Artigo I), averiguar o duplo benefício da aptidãocardiorrespiratória na saúde física e cognitiva (Artigo II) e perceber aimportância de altos níveis de intensidade da atividade física na aptidãocardiorrespiratória e no desempenho escolar (Artigo III).Para tal foram elaborados três estudos envolvendo 1222 crianças eadolescentes (675 raparigas) entre os 10 e os 18 anos de escolas públicasda área do grande Porto. Para a avaliação das variáveis principais do estudoforam utilizadas medidas objetivas. A atividade física foi aferida através deacelerómetros e a aptidão cardiorrespiratória estimada a partir do teste 20mVaivém. O índice de massa corporal, o perímetro da cintura e a pressãoarterial sistólica e diastólica foram medidos através de procedimentospadronizados. As amostras sanguíneas foram recolhidas para determinar osníveis de colesterol de alta densidade, colesterol de baixa densidade,triglicerídeos e glicose em jejum, e o desempenho escolar aferido pelosregistos escolar do final do ano letivo nas disciplinas de português ematemática.Os resultados sugerem que a atividade física moderada a vigorosa e aatividade física vigorosa estão correlacionadas com a aptidãocardiorrespiratória que, por sua vez, está associada a melhores resultadosescolares e à redução dos fatores de risco metabólico/ou cardiovascular??.Os resultados apontam, ainda, efeitos significativos dos níveis de atividadefísica vigorosa no desempenho escolar.Em suma, a atividade física moderada a vigorosa parece assumir um papelimportante na saúde em geral. Em particular, a atividade física vigorosa, paraalém de potenciar a saúde em geral, poderá, ainda, constituir-se como umanova estratégia na otimização do desempenho escolar.
Subject: Ciências da saúde
Health sciences
Scientific areas: Ciências médicas e da saúde::Ciências da saúde
Medical and Health sciences::Health sciences
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/110512
Document Type: Tese
Rights: openAccess
Appears in Collections:FADEUP - Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
249382.pdfDesempenho escolar, atividade física, aptidão cardiorrespiratória e síndrome metabólica em crianças e adolescentes.1.5 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.