Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/109084
Author(s): Maria Helena Moura Araújo
Title: Associação entre o estatuto socioeconómico, a prática de Atividade Física e a composição corporal em jovens adolescentes portugueses de ambos os sexos
Issue Date: 2017-11-29
Abstract: Recognize and associate socio-economic status (SES) and levels of physical activity (PA) practiced, as well as finding a statistically significant correlation between the practice of PA and changes associated with body composition in young teenagers, was the aim of the study.The practice of physical activity is constrained and influenced by several factors and these are important to eliminate possible impediments.Thus, the work is based on two assumptions: (1) verify that there is an association between SES and levels of PA practiced; (2) what if the practice of regular PA associates with changes in body composition.A sample of 93 students (both genders) of basic and secondary school Airães, Felgueiras was studied, and standard procedures were used to collect age, height, weight, BMI, levels of PA and knowledge about PA.Inquiries were made about the household, of their students, including elements that composes, as the level of education, monthly income, general lack of health and social action level.SES was obtained through a questionnaire, as well as knowledge about PA.The main findings showed that there is a greater practice of PA in the social ranks with more support, including the 2/B, although it has been established that in all ranks found to exist the practice of PA.Also, it was found that the most frequent practices of PA are related to lower levels of % body fat (%BF).
Description: Conhecer e associar o estatuto socioeconómico (ESE) e o nível de atividade física praticada (AF), bem como encontrar uma correlação estatisticamente significativa entre a prática de AF e as alterações observadas na composição corporal em jovens adolescentes foi o objeto do meu estudo.A prática de AF é restringida e influenciada por diversos fatores e estes são importantes para eliminar possíveis impedimentos.Assim, o trabalho baseia-se em duas hipóteses: (1) verificar se existe associação entre o ESE e o nível de AF praticada; (2) e se a prática de AF regular apresenta associações com a composição corporal.Para tal foi estudada uma amostra de 93 alunos (de ambos os sexos) da escola básica e secundária de Airães, Felgueiras e usados as variáveis: idade, altura, peso, índice de massa corporal (IMC), níveis de AF e conhecimentos sobre a atividade física.Foram feitos inquéritos sobre o agregado familiar, dos respetivos alunos, nomeadamente elementos que o compõe, qual o nível de escolaridade, rendimento mensal, perceção geral de saúde e o escalão de ação social escolar. O ESE foi obtido através de um questionário, assim como, os conhecimentos sobre a AF.Os principais resultados revelaram que existe uma maior prática de AF nos escalões sociais com maior apoio, nomeadamente o 2/B, embora se tenha comprovado que em todos os escalões se verificou existir a prática de AF.Também se verificou que as práticas mais frequentes de AF estão relacionadas com níveis mais baixos da% de Massa Gorda (%MG).
Subject: Outras ciências sociais
Other social sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Outras ciências sociais
Social sciences::Other social sciences
TID identifier: 201880717
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/109084
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FADEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
232870.pdfAssociação entre o estatuto socioeconómico, a prática de Atividade Física e a composição corporal em jovens adolescentes portugueses de ambos os sexos1.1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.