Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/108797
Author(s): Sara Vanessa Neves Ferreira
Title: Avaliação fisiológica e biomecânica longitudinal de nadadores de 9 a 14 anos de idade
Issue Date: 2017-11-10
Abstract: The performance in swimming is influenced by several factors, especially the physiological and biomechanical, being developed through a well structured training process using a careful planning and periodization. However, studies conducted in children and young people, mainly longitudinal studies, that access the evolution of swimmers performance and its associated factors are scarce. The purpose of this dissertation is to characterize and explain the swimming improvement of age group swimmers during a competitive season, taking into account the their growth and maturation, and their physiological and biomechanical characteristics. In the first study, in a macrocycle, 43 swimmers participated and in the second study, in a competitive season, 34 swimmers participated. In both studies, swimmers performed 400 m front crawl at maximum velocity and were evaluated during physiological recovery (the heart rate at 10 and 30 if at 1 and 2 min, and blood lactate concentrations, glycemia and the Borg scale at 3 min). On side pool was placed a video camera that recorded 15 m of swimming for later analysis of the biomechanical variables (stroke rate and stroke lenght). There was an improvement in time perfomance in the 400m along the macrocycle (444.40 ± 76.95 vs 408.95 ± 61.40) and in a competitive season (432.37 ± 71.78 vs 366.66 ± 47.7). However, during a macrocycle, the physiological variables with the exception of glycemia and biomechanics did not change. During an competitive season there was an increase in blood lactate concentrations (6.04 ± 2.33 vs 7.94 ± 2.74) and stroke lenght (1.58 ± 0.24 vs 1.78 ± 0.22). The competitive performance obtained throughout the macro cycle seems to be due to improved of stroke lenght (there by improving propulsive efficiency), while increased stroke lenght and blood lactate concentration (as a result of technical training and increased of anaerobic training) seem to explain the improvement at 400 m over a competitive season. These experimental data allowed us to perceive the effect of a more specific competitive season on the 400 m performance and respective physiological and biomechanical variables in age group swimmers.
Description: O rendimento na natação pura desportiva é influenciado por diversos fatores, destacando-se os fisiológicos e biomecânicos, sendo desenvolvido através de um processo de treino bem estruturado usando um planeamento e periodização cuidado. Contudo os estudos realizados em crianças e jovens, principalmente de cariz longitudinal que avaliem a evolução do rendimento desportivo do nadador e seus fatores associados são escassos. O objetivo desta dissertação é caracterizar e explicar a evolução desportiva de nadadores cadetes e infantis ao longo de uma época desportiva, tendo em conta o seu crescimento e maturação, e as suas características fisiológicas e biomecânicas. No primeiro estudo, ao longo de um macrociclo, participaram 43 nadadores e, no 2º estudo, ao longo de uma época desportiva, participaram 34 nadadores. Em ambos os estudos, os nadadores realizaram 400 m crol à velocidade máxima, tendo sido avaliados, durante a recuperação foram avaliadas as variáveis fisiológicas, (a frequência cardíaca aos 10 e 30 s e aos 1 e 2 min, e as concentrações de lactato sanguíneo, a glicemia e a escala de Borg aos 3 min). No lateral da piscina colocou-se uma câmara de vídeo que gravou 15 m de nado para posterior análise das variáveis biomecânicas (frequência gestual e distância de ciclo). Observou-se evolução cronométrica nos 400m ao longo do macrociclo desportivo (444.40 ± 76.95 vs 408.95 ± 61.40) e de uma época desportiva (432.37 ± 71.78 vs 366.66 ± 47.7). No entanto, durante um macrociclo, as variáveis fisiológicas com a exceção da glicemia e biomecânicas não se alteraram. Ao longo de uma época desportiva verificou-se um aumento das concentrações de lactato sanguíneo (6.04 ± 2.33 vs 7.94 ± 2.74) e da distância de ciclo (1.58 ± 0.24 vs 1.78 ± 0.22). O rendimento desportivo obtido ao longo do macrociclo parece ser devido à melhoria da distância de ciclo, (melhorando assim a eficiência propulsiva), enquanto o aumento da distância de ciclo e do lactato sanguíneo (resultado do constante treino técnico e aumento do treino anaeróbio) parecem explicar a evolução aos 400 m ao longo de uma época desportiva. Estes dados experimentais permitiram perceber o efeito de uma época desportiva mais específica no rendimento desportivo aos 400m crol e respetivas variáveis fisiológicas e biomecânicas em nadadores cadetes e infantis.
Subject: Outras ciências sociais
Other social sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Outras ciências sociais
Social sciences::Other social sciences
TID identifier: 201881713
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/108797
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FADEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
230056.pdfAvaliação fisiológica e biomecânica longitudinal de nadadores de 9 a 14 anos de idade827.04 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.