Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/102398
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorRita Sara Santos Silva
dc.date.accessioned2019-06-22T16:41:50Z-
dc.date.available2019-06-22T16:41:50Z-
dc.date.issued2017-01-12
dc.date.submitted2017-02-17
dc.identifier.othersigarra:178065
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10216/102398-
dc.descriptionAo longo dos últimos anos, a aquisição de competências transversais tem sido apontada como uma meta significativa no cumprimento do processo de desenvolvimento dos indivíduos e das sociedades, visão na qual as Universidades deverão participar ativamente, assumindo-se como contextos de ensino e aprendizagem inovadores que potenciem o desenvolvimento pessoal, social, académico e profissional dos estudantes e a sua integração no mercado de trabalho. Partindo-se de um enquadramento do ensino superior em Portugal e do paradigma europeu que se instituiu na formação de jovens graduados, analisa-se o conceito e papel das competências, particularmente das transversais, enquanto dimensão facilitadora da integração socioprofissional de licenciados nas áreas específicas de Economia e Gestão. Assim, a presente investigação tem como objetivo principal identificar as competências transversais mais valorizadas pelo mercado de trabalho nesses perfis profissionais, assumindo como maior desafio a construção de um referencial de competências transversais-chave para os mesmos. Na primeira fase da investigação, foram recolhidos, com recurso à técnica de entrevista semiestruturada, dados sobre as competências transversais percebidas como mais fundamentais junto de 27 representantes de 25 empresas, 10 docentes, sete alumni e seis estudantes finalistas dos cursos de Economia e Gestão da Católica Porto Business School. Numa segunda fase, 118 representantes de empresas com responsabilidades de recrutamento nas respetivas organizações responderam a um questionário eletrónico visando o estudo exploratório do referencial de competências transversais previamente construído. Os resultados apontam para o facto de os profissionais estarem bastante familiarizados com o conceito de competências transversais, atribuindo importância a esta dimensão nos processos de recrutamento e seleção e no exercício profissional nas áreas de Economia e Gestão, colocando-as ao mesmo nível de importância das competências técnicas mas assinalando a existência de diferenças entre perfis com experiência e profissionais em início de carreira, bem como entre as duas áreas de formação. Os resultados apontam ainda o papel de certas experiências extra-académicas no desenvolvimento de competências transversais. Com base nestes resultados discute-se e reflete-se acerca das repercussões e desafios colocados às Instituições de Ensino, a empresas e organizações e aos próprios indivíduos, identificando-se pistas para futuras investigações neste âmbito e sugerindo-se a implementação de práticas intencionais de desenvolvimento de competências transversais que estreitem o gap entre o contexto académico e o mundo socioprofissional.
dc.language.isopor
dc.rightsopenAccess
dc.subjectPsicologia
dc.subjectPsychology
dc.titleAs competências transversais de graduados de economia e gestão na interface universidade-mundo do trabalho
dc.typeTese
dc.contributor.uportoFaculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
dc.identifier.tid101401752
dc.subject.fosCiências sociais::Psicologia
dc.subject.fosSocial sciences::Psychology
thesis.degree.disciplinePrograma Doutoral em Psicologia
thesis.degree.grantorFaculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
thesis.degree.grantorUniversidade do Porto
thesis.degree.level2
Appears in Collections:FPCEUP - Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
178065.pdfAs competências transversais de graduados de economia e gestão na interface universidade-mundo do trabalho12.44 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.