Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/10062
Author(s): Oliveira, Maria Madalena de Castro
Title: Avaliação multimodal da actividade física : Um Estudo exploratório em gémeos monozigóticos e dizigóticos
Publisher: Universidade do Porto. Reitoria
Issue Date: 2001
Abstract: O presente estudo visou testar a exequibilidade de uma avaliação multimodal da actividade física em gémeos monozigóticos (MZ) e dizigóticos (DZ), que foram monitorizados durante cinco dias consecutivos recorrendo simultaneamente a três instrumentos de avaliação acelerómetro, pedómetro e questionário.A amostra desta pesquisa foi constituída por 51 pares de gémeos de ambos os sexos e diferente zigotia, com idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos, que à altura da recolha dos dados estudavam em escolas pertencentes aos distritos de Trofa, Vila Nova de Famalicão, Vila do Conde e Póvoa do Varzim.Para a avaliação multimodal da actividade física recorreu-se a três instrumentos acelerómetro, pedómetro e questionário. Os sujeitos foram monitorizados com o acelerómetro triaxial (TRITRAC R3D) e o pedómetro (Yamax DW-SW 700) de Quinta a Segunda-feira. O questionário utilizado foi o de Baecke e col. (1982) que permite estimar o índice de actividade física total bem como a diferenciação em tipos distintos de actividade (actividade física na escola, no tempo de lazer e no desporto).Os procedimentos estatísticos utilizados foram os seguintes: cálculo de resíduos de regressão múltipla em função de três ajustamentos distintos; coeficiente de correlação intraclasse; correlação canónica e índice de redundância de Stewart e Love; cálculo da heritabilidade (h2) e estimação de modelos. Estes procedimentos foram efectuados nos seguintes programas estatísticos: Systat 10.0, SPSS 10.0 e TWINAN 90.Os principais resultados e conclusões retirados desta pesquisa foram: (1) os cinco dias de avaliação apresentaram valores de fiabilidade superiores a 0.75 mostrando, por isso, serem suficientes para se estimar com precisão os níveis de actividade física habitual em gémeos MZ e DZ; (2) os índices de actividade provenientes do questionário parecem fornecer informações algo independentes do acelerómetro e do pedómetro; (3) apesar da consistência da estimação da actividade física, os valo ...
Description: Dissertação de Mestrado em Ciência do Desporto, área de especialização em Desporto de Recreação e Lazer, apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física da Universidade do Porto
URI: http://hdl.handle.net/10216/10062
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FADEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
3556_TM_01_C.pdfVolume 01 Cores39.07 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
3556_TM_01_P.pdfVolume 01 Preto & Branco7.9 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.