Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/10052
Author(s): Costa, Maria Adelina Coelho Ribeiro
Title: Modulação da osteogénese em culturas de osso alveolar humano
Publisher: Universidade do Porto. Reitoria
Issue Date: 2000
Abstract: Os resultados apresentados nesta dissertação sugerem que as culturas celulares obtidas de osso alveolar humano, em condições experimentais apropriadas, podem constituir um modelo adequado para o estudo da fisiopatologia e farmacologia deste tecido ósseo e, também, de aspectos biológicos envolvidos na interacção osso alveolar/biomateriais. Os resultados obtidos evidenciam, igualmente, a importância da definição das condições experimentais, aspecto particularmente importante quando se considera a diversidade e a multiplicidade de metodologias descritas na literatura, facto que dificulta a interpretação e a comparação de resultados obtidos em estudos análogos.No capítulo III mostrou-se o comportamento morfológico e funcional de culturas celulares de osso alveolar humano efectuadas em condições experimentais definidas. As culturas primárias foram obtidas por cultura de fragmentos de osso alveolar, proveniente inicialmente de roedores e posteriormente humano, num meio de cultura apropriado (a-MEM) enriquecido com 10% de soro bovino fetal, 50 mg/mL de gentamicina e 2,5 mg/mL de anfotericina B - meio base - e na presença de substâncias que favorecem o desenvolvimento de culturas com características osteoblásticas, nomeadamente, ácido ascoórbico (AA, 50 mg/mL), b-glicerofosfato de sódio (b-GF, 10 mM) e, ainda, na ausência e na presença de dexametasona (Dex, 10 nM); as culturas foram incubadas a 37° C em atmosfera húmida contendo 95% de ar e 5% de CO2 e, as subculturas, obtidas após tripsinização das células em cultura, foram efectuadas nas mesmas condições experimentais. As culturas efectuadas nas diversas condições experimentais proliferaram gradualmente com o tempo de incubação e apresentaram uma actividade de FA elevada. Quando efectuadas apenas em meio base ou na presença de AA ou de Dex não se verificou a formação de depósitos minerais na matriz extracelular. Contudo, as culturas efectuadas na presença de uma fonte de iões fosfato (b-GF) apresentaram características ...
Description: Dissertação de Doutoramento em Ciências Biomédicas apresentada ao Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar da Universidade do Porto
URI: http://hdl.handle.net/10216/10052
Document Type: Tese
Rights: openAccess
Appears in Collections:ICBAS - Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
3311_TD_01_C.pdfVolume 01 Cores99.72 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
3311_TD_01_P.pdfVolume 01 Preto & Branco19.71 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.