Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/9730
Author(s): Couto, Germano Rodrigues
Title: Preparação para o parto : Representações mentais de um grupo de grávidas de uma área urbana e de uma área rural
Publisher: Universidade do Porto. Reitoria
Issue Date: 2002
Abstract: A Enfermagem, enquanto ciência e disciplina, tem sido nas últimas décadas palco de um desenvolvimento técnico e relacional sem precedentes. Os enfermeiros na qualidade de prestadores de cuidados de excelência devem, acima de tudo, procurar formar-se continuamente na busca das necessidades dos seus clientes e dos seus próprios objectivos.Este trabalho de investigação procura ser uma configuração básica para essa mesma formação. Na área da Saúde Materna e Obstétrica e da Educação Sexual, a preparação para o parto emerge como pedra basilar que visa contrabalançar não só a mulher como protagonista da gravidez e do parto como o próprio profissional de saúde, enquanto meio utilizado pela comunidade para um fim: viver uma gravidez saudável e harmoniosa, culminando num parto participado, informado, controlado e exultante por parte da mulher e da sua família.A preparação para o parto foi estudada segundo as perspectivas das representações mentais da mulher grávida. É importante compreender as reacções fisiológicas da mulher à dor, e ser capaz de identificar os factores que afectam a intensidade da dor que ela sente durante o trabalho de parto e o parto. Mas, o objectivo da preparação para o parto não é, somente, o controlo da dor e a colaboração da mulher e da sua família neste. Consiste, como veremos na apresentação deste relatório, em informar e retirar dúvidas, tornar conhecido o desconhecido e ouvir os medos e preocupações da mulher.A investigação que passamos a apresentar foi realizada durante um período de tempo de cerca de 11 meses. É um estudo qualitativo, exploratório descritivo, cuja informação foi recolhida por entrevista a 20 grávidas primigestas de uma área urbana e de uma área rural. A intenção do estudo foi explorar e descrever as representações mentais destas grávidas acerca da preparação para o parto, concluindo-se que esta se revela insuficiente para a grávida poder actuar durante a gravidez e o trabalho de parto e estar preparada para cuidar do recém- ...
Description: Dissertação de Mestrado em Ciências de Enfermagem apresentada ao Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar da Universidade do Porto
URI: http://hdl.handle.net/10216/9730
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:ICBAS - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4616_TM_01_C.pdfVolume 01 Cores67.21 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open
4616_TM_01_P.pdfVolume 01 Preto & Branco8.6 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.