Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/5487
Author(s): Cristina Reis
Alfredo Soeiro
Title: Análise económica da implementação de planos de segurança
Issue Date: 2003
Description: O estudo baseou-se na análise económica que comparou os Planos de Segurança e Saúde e as medidas de prevenção associadas com a total ou parcial falta destes. Os dados recolhidos foram obtidos de várias fontes incluindo companhias de seguros, estatísticas oficiais, empresas de construção civil, hospitais, associações profissionais e outras publicações. A avaliação dos custos dos acidentes nas empresas de construção civil foi feita utilizando a análise de acontecimentos reais e a simulação de acidentes. Os custos da prevenção foram recolhidos junto de diversos participantes especialmente de empresas de construção civil. O objectivo final era obter uma comparação económica dos custos dos acidentes e dos planos de segurança e saúde. A avaliação dos custos de acidentes criou uma estrutura de classificação em custos directos e indirectos. Os custos associados à implementação do plano de segurança e saúde, tentando a a eliminação de acidentes, foram quantificados para permitirem comparações e uma análise da relação custo/benefício. Estes custos são divididos por três actividades compostas pelo projecto, pela construção e pela fiscalização. Enquanto os custos da prevenção são fixos e constantes, os custos de acidentes são afectados por um índice de frequência, que indicam um valor médio esperado de ocorrência para este tipo de acidentes. A análise destes valores revela que, desde que os custos de seguro não sejam afectados pelo índice de frequência, estes representam um risco menor do que qualquer outro tipo de acidentes. A potencial influência económica de certos tipos de acidentes, é mais importante que os custos totais envolvidos, quando o índice de frequência é considerado. Deve dar-se especial atenção aos planos de segurança e saúde para estes acidentes, se a análise económica for considerada.As consequências dos acidentes em termos de danos pessoais não estão registadas sendo classificadas somente em termos da região aonde ocorrem. Nesta análise foram considerados os dois casos extremos em termos de gravidade sendo uma resultante duma atitude pessimista e a outra duma atitude pessimista. Os custos que resultam da ocorrência dessas duas situações foram substituídos, para efeitos deste estudo, pelos respectivos valores médios. A análise e a comparação destes valores com os dos custos da prevenção mostram claramente que a eliminação de acidentes pessoais é vantajosa do ponto de vista económico.
Subject: Engenharia civil, Engenharia civil
Civil engineering, Civil engineering
Scientific areas: Ciências da engenharia e tecnologias::Engenharia civil
Engineering and technology::Civil engineering
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/5487
Document Type: Artigo em Revista Científica Nacional
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FEUP - Artigo em Revista Científica Nacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
55030.pdf96.9 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons