Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/122383
Author(s): Ana Carolina Rodriguez Reyes
Title: Crescimento, desempenho motor e cognitivo de crianças. Um estudo longitudinal-misto.
Issue Date: 2019-07-18
Abstract: The main purpose of this thesis was to investigate, in a contextual perspective, the relationships between physical growth and both motor, and cognitive performances of Portuguese children from 4 to 11 years old.The sample was comprised of 411 children from the 19 schools of Vouzela municipality, located at the center of the country, which were divided into 6 age cohorts and longitudinally followed for 3 consecutive years. Standardized procedures were used to measure indicators of physical growth, body composition, gross motor coordination, physical fitness, manual preference, physical activity, intelligence, gestation, socioeconomic status and school content. Statistical analyses were performed in SPSS, Supermix and STATA software.In general, results showed that: (1) at baseline, girls had more body fat mass; boys were more coordinated, physically fit and active; ~60% of girls did not meet the daily recommendations of moderate-to-vigorous physical activity, while the boys' were 74%; most of the schools were located in rural areas; all had playgrounds, and equipment for physical activity; (2) physical growth trajectories, both in weight and BMI, exhibited a non-linear trend. Birth weight, birth length, and gains on weight and length up to 18 months explained differences in physical growth trajectories; (3) coordinative development trajectories were non-linear. BMI, manual preference and physical fitness of children explained inter-individual differences; girls tended to have higher coordinative development; (4) physical fitness development trajectories exhibited a non-linear tendency favoring boys; birth weight influenced strength and agility, BMI was negatively associated with agility, but positively associated with strength; gross motor coordination was associated with physical fitness; in contrast, moderate-to-vigorous physical activity was not associated with the development of static force; (5) developmental trajectories of intelligence were linear, no differences between the sexes were found, and motor coordination was positively associated with such development; (6) socioeconomic status and school context were not significantly associated with physical growth, gross motor coordination, physical fitness, and intelligence of Vouzela children.In summary, these results showed the relevance of the multidisciplinary approach in the study of children's growth and development, the importance of the longitudinal-mixed design and the need for a wide informational range. In addition, it was necessary to consider fixed and dynamic predictors to better interpret intra-individual differences and between children in their growth and development trajectories more extensively.Key-words: physical growth, motor performance, cognitive performance, longitudinal design, children.
Description: O propósito principal desta tese foi investigar, numa ótica contextual, as relações entre o crescimento físico, o desempenho motor e o desempenho cognitivo de crianças Portuguesas dos 4 aos 11 anos de idade.A amostra foi constituída por 411 crianças seguidas longitudinalmente durante 3 anos consecutivos e divididas em 6 coortes etárias. As crianças provêm das 19 escolas do Concelho de Vouzela, centro do país. Foram utilizados procedimentos estandardizados para medir marcadores do crescimento físico, composição corporal, coordenação motora grossa, aptidão física, preferência manual, atividade física, inteligência, da gestação, estatuto socioeconómico e espaços escolares. As análises estatísticas foram realizadas nos softwares SPSS, Supermix e STATA.Em termos genéricos, os resultados mostraram que: (1) no baseline as meninas têm maior quantidade de massa gorda; os meninos são mais coordenados, fisicamente aptos e ativos; ~60% das meninas não cumprem as recomendações diárias de atividade física moderada-a-vigorosa e a taxa de cumprimento dos meninos é de 74%; a maioria das escolas está localizada em áreas rurais; todas possuem playgrounds, e equipamentos para realizar atividades físicas; (2) as trajetórias do crescimento físico, no peso e no IMC, exibem uma tendência não-linear. O peso ao nascer, o comprimento ao nascer e os ganhos de peso e comprimento até os 18 meses explicaram diferenças nas trajetórias de crescimento físico; (3) as trajetórias do desenvolvimento coordenativo são não-lineares. IMC, a preferência manual e a aptidão física das crianças explicaram diferenças inter-individuais; as meninas tendem a ter um desenvolvimento coordenativo superior; (4) as trajetórias de desenvolvimento da aptidão física exibem uma tendência não-linear favorecendo os meninos; o peso ao nascer influencia a força e a agilidade, o IMC está negativamente associado à agilidade, porém positivamente associado à força; a coordenação motora grossa está associada à aptidão física; em contra partida, a atividade física moderada-a-vigorosa não esteve associada ao desenvolvimento da força estática; (5) as trajetórias de desenvolvimento da inteligência é linear, não há diferenças entre os sexos e a coordenação motora associou-se positivamente com tal desenvolvimento; (6) o estatuto socioeconómico e o contexto escolar não se associaram significativamente com o crescimento físico, coordenação motora grossa, aptidão física e inteligência de crianças Vouzelenses.Em suma, os resultados sublinharam a importância da abordagem multidisciplinar no estudo do crescimento e desenvolvimento de crianças, a relevância do delineamento longitudinal-misto e necessidade de uma vasta gama informacional. Ademais, é necessária a consideração de preditores fixos e dinâmicos para melhor interpretar de modo mais extenso as diferenças intra-individuais e entre crianças nas suas trajetórias de crescimento e desenvolvimento.
Subject: Ciências da saúde
Health sciences
Scientific areas: Ciências médicas e da saúde::Ciências da saúde
Medical and Health sciences::Health sciences
TID identifier: 101612907
URI: https://hdl.handle.net/10216/122383
Document Type: Tese
Rights: openAccess
Appears in Collections:FADEUP - Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
353068.pdfCrescimento, desempenho motor e cognitivo de crianças. Um estudo longitudinal-misto.2.93 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.