Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/111143
Author(s): Gonçalo Nuno da Cruz Barrias
Title: Estudo da Contratação de Reserva Secundária e Terciária em Portugal Continental e Análise da sua Relação com a Produção Eólica e Fotovoltaica
Issue Date: 2018-02-09
Description: À semelhança do que se verificou com diversas áreas do setor económico nas últimas décadas, o setor elétrico foi também alvo de um processo de liberalização e restruturação em diversos países. A criação de mercados regulados revolucionou o setor e permitiu criar um ambiente mais competitivo e transparente, convergindo para a criação de mercados de eletricidade transnacionais. O Mercado Ibérico de Eletricidade, MIBEL, é um exemplo de um mercado de eletricidade transnacional que incluí Portugal e Espanha, tendo entrado em funcionamento a 1 de julho de 2007. Com a liberalização do setor elétrico em Portugal surgiu também a criação de um Operador de Sistema responsável pela gestão técnica do sistema elétrico de energia, garantindo sempre a fiabilidade e segurança do mesmo através do recurso a Serviços de Sistema. Assim, os Serviços de Sistema passaram a ter um papel mais importante na gestão global do sistema, sendo também uma parte integrante do MIBEL que se encontra estruturado em Mercado Diário, Mercado Intradiário, Mercado de Serviços de Sistema e Mercado a Prazo. Paralelamente com a criação do MIBEL, a componente renovável no mix de produção de eletricidade em Portugal aumentou significativamente nos últimos anos, com especial foco para a produção eólica e fotovoltaica, sem que a primeira já assegura uma parcela significativa na alimentação do consumo em Portugal. No entanto esta fonte de energia renovável tem como maior desvantagem a sua intermitência devido à alteração da velocidade e direção do vento, resultando em variações na sua produção. Para além da intermitência da produção eólica existe também uma constante variação no consumo bem como saídas de serviço por avaria de componentes do sistema, decorrentes do seu ciclo de vida. Apesar de todos estes aspetos serem alvo de muitos estudos, dificultam o papel do Operador de Sistema uma vez que originam alterações da frequência em relação ao seu valor nominal. O recurso a Serviços de Sistema, nomeadamente a reserva de regulação primária, secundária e terciária, que permitem colmatar este problema.Neste trabalho é feita uma análise dos resultados obtidos no Mercado de Serviços de Sistema em Portugal, no que diz respeito à reserva de regulação secundária e terciária, e dos valores da produção eólica e fotovoltaica verificados no respetivo espaço temporal. O principal objetivo visa retirar conclusões relativamente à existência ou não de uma relação entre a produção eólica e a energia contratada e mobilizada através da reserva de regulação secundária e terciária. A análise feita é referente aos valores obtidos no decorrer do ano de 2016.
Subject: Engenharia electrotécnica, electrónica e informática
Electrical engineering, Electronic engineering, Information engineering
TID identifier : 201904853
URI: http://hdl.handle.net/10216/111143
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
257724.pdfEstudo da Contratação de Reserva Secundária e Terciária em Portugal Continental e Análise da sua Relação com a Produção Eólica e Fotovoltaica1.73 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.