Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/110498
Author(s): Tiago Filipe Ferreira Costa
Title: Spidious: Improving User's Efficiency on Email with Machine Learning and a Better Visualization Approach
Issue Date: 2015-07-16
Abstract: Communication is present in human life since the beginning, initially at a small scale using the cave paintings and gestures and later, viz. in the twentieth century, at a much larger scale through the use of technology.In 1969, by the virtue of this constant need, came into existence on of the most durable and more used tools of communication: the email. This, in the way we know it, is deeply rooted all over the world to the point that it is estimated that about 196 billion emails are sent on a daily basis, and it is also estimated that the number of email accounts to be approximately 5.2 billion by 2018. At the time of its projection, the email was thought to solve a problem: to communicate with people at a distance. And the truth is that it was solved effectively.However, as this solution has become more popular, associated with a very high pace checked at work and in people's lives, it afforded the creation of another problem, more serious, not solved yet: the lack of efficiency in the use of email. This same problem enhances the existence of high levels of entropy in e-mail accounts and, consequently, it leads to a very considerable loss of time for the user, and in business situations materializes in high costs.Note that this is a problem with an unsurmountable importance and understudied, that certainly cannot continue without a reliable solution. It is estimated that the email consumes about 25% of the working time of its users. And if, in the past, the human being improved its face-to-face communication, once that it was essential, being the communication through email important in the present, why we can't improve that too?In fact, currently, we have seen a great interest from technology companies, in relation to email subject, that it has led to the appearance of some attempted solutions to the problems posed by email. Among these we can highlight, for example, the Inbox by Google. The ActiveInbox, or even the Boomerang for Google da BaydIn. However, and unfortunately for all users, each one of these solutions solves only small details or parts of the problem and, for these reasons, none of them is an alternative feasible to resolve the scientific question under study.Thus, this MSc thesis aims to be an assertive solution that solves the problem of current email efficiency. To this, it will go through two distinct phases. The first involves the creation of a new way of viewing for email, based on new paradigms, which will provide the user essential tools to easily manage a large volume messages. And the second, gives the email a certain level of intelligence using statistical models will shaping with their own user actions, causing the email work for the user and not the user for the email, making it a good servant and a good master.
Description: A comunicação está presente na vida humana desde os seus primórdios, inicialmente em pe- quena escala com recurso a pinturas rupestres e gestos, e mais tarde nomeadamente no século XX, em grande escala através do uso da tecnologia. No entanto, foi sempre um meio fundamental na vida das pessoas que sofreu, e sofre, uma evolução contínua.Em virtude desta necessidade constante surgiu, em 1969, uma das ferramentas de comunicação mais duradouras e mais usadas: o email. Este, da forma como o conhecemos, está extraordinari- amente enraizado um pouco por todo o mundo ao ponto de serem enviados cerca de 196 biliões de emails por dia estimando-se ainda que, até 2018, existam aproximadamente 5.2 biliões de con- tas registadas. Aquando da sua projeção, o email foi pensado para resolver um problema: o de comunicar entre pessoas à distância. E a verdade é que conseguiu resolvê-lo de forma eficaz.No entanto, à medida que esta solução se tornou mais popular, aliada a um ritmo gritante ve- rificado no trabalho e na vida das pessoas, originou a criação de um outro problema, de maior gravidade, ainda não resolvido: o da falta de eficiência no uso do email. Este mesmo problema potencia a existência de níveis de entropia assustadores nas contas de email e, consequentemente, leva a uma perda de tempo importantíssimo para o utilizador, tempo esse que em situações empre- sariais se materializa em custos elevados.Note-se que este é um problema com uma importância indiscritível e pouco estudado, que indubitavelmente não pode continuar sem uma solução confiável. É estimado que, o email con- suma cerca de 25% do tempo de trabalho dos seus utilizadores. E se, no passado, o ser humano conseguiu melhorar a sua comunicação presencial dado que a mesma era essencial, sendo a comu- nicação através do email também ela fulcral no presente, porque não haveremos nós de a melhorar também?De facto, atualmente, tem-se assistido a um grande interesse por parte das empresas tecnoló- gicas relativamente ao tema do email, interesse esse que, tem levado ao aparecimento de algumas tentativas de solução aos problemas apresentados pelo email. De entre esses podemos destacar, por exemplo, o Inbox da Google, o ActiveInbox ou até mesmo o Boomerang for Gmail da BaydIn. No entanto, e infelizmente para todos os utilizadores, cada uma destas soluções apenas resolve pe- quenos pormenores ou partes do problema e, por essas razões, nenhuma delas é uma alternativa viável para resolver a questão científica em estudo.Desta forma, esta dissertação pretende afirmar-se como uma solução assertiva que permita re- solver o problema de eficiência atual do email. Para isso, a mesma passará por duas fases distintas. A primeira, pela criação de uma nova forma de visualização para o email, assente em novos pa- radigmas, que dote o utilizador de ferramentas imprescindíveis para gerir facilmente um grande volume de mensagens. E a segunda, a de conferir ao email um determinado nível de inteligência através de modelos estatísticos que se vão moldando com as próprias ações do utilizador, fazendo com que, seja o email a trabalhar para o utilizador e não o utilizador a trabalhar para o email, tornando-o dessa forma, um bom servo e um bom mestre.
Subject: Engenharia electrotécnica, electrónica e informática
Electrical engineering, Electronic engineering, Information engineering
Call Number: 35346
URI: http://hdl.handle.net/10216/110498
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
35346.pdfSpidious: Improving User's Efficiency on Email with Machine Learning and a Better Visualization Approach8.99 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.