Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/105202
Author(s): Ângela Cristina Pereira Marques
Title: A ECONOMIA PARALELA E A CORRUPÇÃO NA UE-28: Relação, Causas e Consequências
Issue Date: 2017-06-01
Abstract: The relationship between Shadow Economy and Corruption is not clear. These can be complementary or substitute of each other, and may exhibit a positive or negative relation. This work aims to explore the relation between Shadow Economy and Corruption using panel data for the 28 countries of the European Union during the period from 2000 to 2014. This work also intends to contribute to a better understanding of the causes of Shadow Economy and Corruption and enumerate some of the most detrimental consequences of the two phenomena.Using a simple model, where OLS regressions with fixed effects and random effects are used, two aspects of the literature are combined. On one hand the impact of Corruption and other explanatory variables in the Shadow Economy is studied, on the other hand, the influence of the Shadow Economy and other control variables on Corruption is analyzed.The obtained results show that there is evidence that Shadow Economy and Corruption are complementary. This relationship is most evident when Corruption explains the Shadow Economy than when Shadow Economy explains Corruption. That is, we can conclude that Corruption influences more the Shadow Economy, than the Shadow Economy influences Corruption.Of the explanatory variables selected for the study, the ones that have most weight in the explanation of the Shadow Economy are the Business Regulation Load, the Transfers and Subsidies and the Government Consumption. In turn, the variables that most affect Corruption are Government Effectiveness and the Rule of Law.
Description: A relação entre a Economia Paralela e a Corrupção não é clara. Estas podem ser complementares ou substitutas uma da outra, podendo exibir uma relação positiva ou negativa. Este trabalho tem como objetivo fulcral explorar a relação entre a Economia Paralela e a Corrupção utilizando dados em painel para os 28 países da União Europeia durante o período de 2000 a 2014. Pretende ainda contribuir para um melhor conhecimento das causas da Economia Paralela e da Corrupção e enumerar algumas das consequências mais nefastas dos dois fenómenos.Através de um modelo simples, onde são utilizadas Regressões OLS com efeitos fixos e efeitos aleatórios, combinam-se duas vertentes da literatura. Por um lado, estuda-se o impacto da Corrupção e de outras variáveis explicativas na Economia Paralela, por outro lado, analisa-se a influência da Economia Paralela e de outras variáveis de controlo sobre a Corrupção.Os resultados obtidos demonstram que há evidências de que a Economia Paralela e a Corrupção são complementares. Essa relação é mais evidente quando a Corrupção explica a Economia Paralela do que quando a Economia Paralela explica a Corrupção. Ou seja, podemos concluir que a Corrupção influencia mais a Economia Paralela, do que a Economia Paralela influencia a Corrupção.Das variáveis explicativas selecionadas para o estudo, as que mais peso têm na explicação da Economia Paralela são a Carga de Regulação Comercial, as Transferências e Subsídios e o Consumo do Governo. Por sua vez, as variáveis que mais afetam a Corrupção são a Eficácia do Governo e o Estado de Direito.
Subject: Economia e gestão
Call Number: 197661
URI: http://hdl.handle.net/10216/105202
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
197661.pdfA ECONOMIA PARALELA E A CORRUPÇÃO NA UE-28: Relação, Causas e Consequências1.11 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.