Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/9145
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorBaltazar, Helena Dinamene Duarte Gomes Simõespt_PT
dc.date.accessioned2013-11-30T00:19:07Z-
dc.date.available2013-11-30T00:19:07Z-
dc.date.issued2008pt_PT
dc.identifier.other000190266pt_PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10216/9145-
dc.description.abstractA partir da análise de três possíveis factores,responsáveis pelo número reduzido de turistas no Museu Alberto Sampaio em Guimarães, nomeadamente um perfil de turistas desinteressado na escolha do museu como local de visita; o desconhecimento da sua existência por parte dos potenciais visitantes; uma política de divulgação da instituição e serviços desadequados;apontaram-se soluções para resolver o problema e inverter esta tendência. Paralelamente, provou-se a conveniência de tratar os turistas como um segmento de público, diferenciado dos restantes visitantes dos museus, demonstrando de que forma, a especificidade do que designei "estar turista" influencia os consumos culturais escolhidos.pt_PT
dc.languageporpt_PT
dc.publisherPorto : [Edição de Autor]pt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.source.urihttp://aleph.letras.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000190266pt_PT
dc.subjectMuseu - Marketingpt_PT
dc.subjectMuseologiapt_PT
dc.subjectTurismo culturalpt_PT
dc.titleOs turistas no museu : (dis) ou indispensáveis? O caso do Museu de Alberto Sampaio em Guimarãespt_PT
dc.typeDissertaçãopt_PT
Appears in Collections:FLUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tesesmestosturistasnomuseu000063600.jpeg1.11 MBJPEGThumbnail
View/Open
capa000063602.jpeg23.13 kBJPEGThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.