Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/87885
Author(s): Marta Santos Hurst
Title: Mapeamento sistémico do jogo de Voleibol feminino no alto nível através da análise de redes sociais
Issue Date: 2016-11-22
Abstract: In any given sports competition there are dynamic tasks being carried out in a complex and systemic reality, which involves several subjects acting in a high-pressure competitive environment characterized by rapidly changing conditions of sporting performance. This reality is even more striking in team sports, bringing about the need for performance analysis in these sports to be less centred on the assessment of anthropometric, physiological and biomechanical parameters. Thus, because team sports imply an unavoidably more complex and intricate choice of performance indicators for analysis, a study of the latter that makes use of a theoretical framework aligned within the General Systems Theory such as the one presented in this work, becomes not only useful, but also advisable. The work presented here carried out an analysis of a collective sport - Indoor Volleyball - within the context of High Competition, as a way to contribute to a better understanding of the dynamics of the game in question. The studies presented here, by working within an approach to Sports as a complex system, used as a methodological tool the Social Network Analysis. Eight matches of the Volleyball Group Stage of the Women's Grand Prix 2015 (Groups A and B) were analysed. In these matches eigenvector centrality was measured for the various game complexes: K0 (service), KI (side-out), KII (side-out transition), KIII (transition), KIV (attack coverage) and KV (free-ball). Besides specific insights related to each of the complexes analysed, the main conclusion of thesis is asserting that the off-systems situations are a non-marginal dynamics of the game, and must thus be the object of more attention by the coaches in the development of their game strategies and planning. Future works within this type of systemic analysis and use of SNA might be further developed beyond the scope of the results of this study by making use of a register differentiation by sets, teams/national teams or even by players, producing a further enhanced understanding of the dynamics of the game.
Description: No decorrer de qualquer evento desportivo há tarefas dinâmicas a serem levadas a cabo num contexto sistémico complexo, o que implica vários sujeitos a agirem num ambiente de competição de alta pressão caracterizado por mudanças rápidas das condições da performance desportiva. Tal realidade é ainda mais vincada nos desportos coletivos, convidando a que a análise da performance não se quede pela avaliação de parâmetros antropométricos, fisiológicos e biomecânicos. Assim, porque nas modalidades coletivas a escolha de indicadores de desempenho para análise é inevitavelmente mais complexa e intricada, a abordagem daquelas dentro de uma moldura teórica alinhada na Teoria Geral de Sistemas apresenta-se não só como útil, mas também aconselhável. O trabalho que aqui se apresenta elabora uma análise de uma modalidade coletiva - Voleibol Indoor - em contexto de Alta Competição, visando contribuir para um melhor entendimento das dinâmicas do jogo em questão. Os estudos aqui apresentados, ao trabalharem dentro de uma abordagem do desporto enquanto sistema complexo, utilizaram como ferramenta metodológica a Análise de Redes Sociais. Foram analisados 8 jogos de Voleibol da Fase de Grupos do Women's Grand Prix 2015 (Grupos A e B). Nestes jogos, foi escolhido fazer o registo e medição do valor de centralidade autovetor dos diversos complexos de jogo: K0 (serviço), KI (side-out), KII (transição do side-out), KIII (transição), KIV (cobertura de ataque) e KV (bola-morta). À parte dos entendimentos específicos a cada um dos complexos, a principal contribuição desta tese consiste na verificação das situações de off-system não serem marginais na dinâmica de jogo, devendo receber mais atenção por parte dos treinadores nas suas estratégias e planeamentos do jogo. No futuro, este tipo de análise sistémica e utilização de ARS, pode ser ainda desenvolvida para além dos resultados deste estudo, nomeadamente se efetuarem um registo de dados que considere uma separação por sets, equipas/seleções ou até mesmo por jogadores/posições, podendo aportar entendimentos mais profundos das dinâmicas de jogo.
Subject: Outras ciências sociais
Other social sciences
Scientific areas: Ciências sociais::Outras ciências sociais
Social sciences::Other social sciences
TID identifier: 201355060
URI: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/87885
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FADEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
163745.pdfMapeamento sistémico do jogo de Voleibol feminino no alto nível através da análise de redes sociais1.29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.