Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/78839
Author(s): Rui Jorge Garcia Ramos
Title: Modernidade Inquieta. Arquitectura e identidades em construção: desdobramento de um debate em português
Issue Date: 2015
Description: A questão da identidade e, especificamente, da identidade nacional pode assim constituir-se como hipótese pertinente para uma interpretação da arquitectura deste período. Ou seja, permite aprofundar a convicção de que existe um elo, a que se chama questão identitária, entre obras, arquitectos e tempos diversos. Não se tratando de um assunto exclusivo da arquitectura, a questão identitária é parte de «um dinamismo essencial» que define a sociedade e a sua vida cultural e com ela o processo da arquitectura portuguesa, como já referiu José-Augusto França, «num sistema de forças que explodem ou se equi- libram, se estruturam, destruturam e reestruturam». A identidade pode assim ser vista como problema subjacente, base implícita ou explícita da produção arquitectónica até ao fim dos anos de 1960, que tem no tema da habitação um campo dilecto de exploração. O levantamento desta realidade histórica, e a sua verificação no estudo das obras arquitectónicas, permite uma reformulação da questão da identidade nacional como estrutura ética e moral onde se produz a arquitectura, numa conflitualidade de origem diversa, sinal de continuidade ecléctica - independente da origem no Picturesque, nas Beaux-Arts, no Movimento Moderno ou na sua crítica - e da tradição do seu pragmatismo construtivo.
Subject: Artes, Artes
Call Number: 18530
URI: http://hdl.handle.net/10216/78839
Document Type: Livro
Rights: openAccess
License: https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/
Appears in Collections:FAUP - Livro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
18530.pdfpág.1-11, Sumário e Apresentação197.45 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons