Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/68023
Author(s): Rangel, Maria de Fátima Macedo
Title: Pensar o desafio Biotecnológico com Francis Fukuyama
Publisher: Porto : [Edição do Autor]
Issue Date: 2012
Abstract: Para tentar mostrar o interesse da proposta bioética de Francis Fukuyama centro-me, acima de tudo, na sua obra “O Nosso Futuro Pós-Humano”, por entender que o autor, nesta obra, faz uma defesa da ética nas ciências biológicas que é ponderada no sentido da sua viabilidade porquanto é realista: não pretende parar pura e simplesmente o progresso científico, como não concorda que se deva entregar à ciência a responsabilidade de decidir o que está certo ou errado quanto ao seu próprio desenvolvimento. Em primeiro lugar apresento uma breve ideia da evolução da relação da ciência com a ética, desde a modernidade até hoje. Numa segunda ordem percorro o pensamento bioético de Fukuyama, no sentido de apresentar a sua argumentação no que concerne à defesa da vida do Homem fundamentada através dos direitos e essência humana, contra a ambiguidade dos fins biotecnocientíficos relacionados com o carácter inédito dos desafios éticos criados pela inovação tecnológica, e os abusos cometidos por certa medicina. Entrelaço o pensamento de autores outros, no sentido de, por um lado, contextualizar a temática e mostrar o que significa ser homem sob diversas perspectivas, por outro, tentar justificar que é na essência e nos direitos humanos que se alicerça o fundamento da necessidade de travar alguns avanços da biotecnologia humana. [...]
Subject: Bioética
Biotecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10216/68023
Catalogue Link: http://aleph.letras.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000221847
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tesemestmariafatimarangelpensar000195042.pdf667.51 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.