Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/13039
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCoelho, Maria Luísa de Sousapt_PT
dc.date.accessioned2014-01-30T00:54:17Z-
dc.date.available2014-01-30T00:54:17Z-
dc.date.issued2001pt_PT
dc.identifier.other000119027pt_PT
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10216/13039-
dc.description.abstractPretende-se analisar a forma como Emily Dickinson reagiu a uma ideologia da domesticidade e a um mundo doméstico e como as trabalhou na sua poesia. Marcado pela importância que a esfera do doméstico adquiriu na sociedade americana do século XIX, Dickinson teve uma existência indissociável do lar onde viveu, sendo evidente a forma ambivalente como o poeta perspectivou contextos e tarefas domésticas. Esta mesma ambivalência pode ser observada no cânone dickinsoniano, o que comprova uma coexistência de perspectivas tradicionais e inovadoras relativamente ao aproveitamento literário de uma imagética doméstica. De facto, a partir das imagens da casa e de dona-de-casa, de costura e da aranha, entre outras, Dickinson explora de forma indirecta e pessoal temas inovadores e subversivas, sem perder o contacto com uma tradição literária dominante na época.pt_PT
dc.languageporpt_PT
dc.publisherPorto : [Edição do Autor]pt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.source.urihttp://aleph.letras.up.pt/F?func=find-b&find_code=SYS&request=000119027pt_PT
dc.titleO doméstico na poesia de Emily Dickinson : entre a tradição e a inovaçãopt_PT
dc.typeDissertaçãopt_PT
Appears in Collections:FLUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
4911TM01PLUISACOELHO000069365.pdf11.8 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.