Utilize este identificador para referenciar este registo: https://hdl.handle.net/10216/129933
Autor(es): Inês Rodrigues Guimarães
Título: Género e o impacto psicológico do SARS-CoV-2: uma revisão sistemática da literatura
Data de publicação: 2020-10-20
Descrição: Surge na China, em finais do ano de 2019, um surto epidémico causado por um novo coronavírus com elevado potencial de transmissão e infeção humana - tendo sido nomeado de SARS-CoV-2 ou COVID-19 -, que passa a ser caracterizado pela OMS como pandemia em Março de 2020. A história da humanidade engloba, no seu âmago, eventos tanto de caracter epidémico como pandémico, e a realização de estudos no âmbito destes contextos revela que, devido à sua natureza atípica, estes incitam profundas mudanças nas rotinas de vida dos sujeitos e na estrutura das dinâmicas sociais. Impulsionam, adicionalmente, profundas consequências para a saúde mental daqueles que os vivenciam. A presente revisão sistemática teve como objetivo fazer a integração de diferentes estudos recentes, realizados no âmbito da pandemia de SARS-CoV-2, de modo a sumarizar os seus principais resultados e servir de base para investigações futuras. A fim de cumprir os objetivos propostos, recorreu-se a seis bases de dados, pesquisa esta que resultou na extração de 712 artigos, dos quais 39 foram incluídos após o processo de seleção com base nas diretrizes do PRISMA e dos critérios de inclusão e exclusão estabelecidos. A análise dos resultados principais e de relevo para o estudo foram agrupados em subcategorias distintas: Depressão, Ansiedade, Stress e Distress Psicológico, Perturbação do Stress Pós-Traumático e outras variáveis psicológicas, onde o Medo se destaca. Os principais resultados desta revisão sistemática demonstraram que sujeitos pertencentes ao género feminino reportam maior impacto psicológico, manifestado através de níveis mais elevados de sintomatologia depressiva e ansiosa, assim como uma maior tendência para o stress e distress psicológico e maior potencial suscetibilidade ao desenvolvimento de sintomas compatíveis com o diagnóstico de PSPT. Poucos foram os estudos que, apresentando diferenças estatisticamente significativas entre géneros nestas variáveis psicológicas, apontaram para um maior prejuízo psicológico em indivíduos do género feminino.
Assunto: Psicologia
Psychology
Áreas do conhecimento: Ciências sociais::Psicologia
Social sciences::Psychology
Identificador TID: 202540987
URI: https://hdl.handle.net/10216/129933
Tipo de Documento: Dissertação
Condições de Acesso: restrictedAccess
Aparece nas coleções:FPCEUP - Dissertação

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
428007.1.pdfGénero e o impacto psicológico do SARS-CoV-2: uma revisão sistemática da literatura887.93 kBAdobe PDFThumbnail
Ver/Abrir
428007.pdf
  Restricted Access
Parecer do Orientador_NunoGaspar125.28 kBAdobe PDF    Request a copy from the Author(s)


Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.