Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/129377
Author(s): Joana Isabel Martins Cruz
Title: O coping académico em estudantes de 2º e de 3º ciclo: análise de relações com o empenho, aprendizagem, realização e bem-estar e do papel da competência social
Issue Date: 2020-07-20
Description: São considerados como eventos de vida stressantes para as crianças situações que envolvam o divórcio dos pais, situações de hospitalização e consultas médicas e situações relacionadas com a vida escolar (Lazarus & Folkman, 1984). Ao processo de lidar com essas situações dá-se o nome de coping. O coping académico refere-se ao modo como a criança responde às exigências da vida escolar. Com o intuito de compreender as diferentes estratégias de coping utilizadas pelas crianças face a situações percebidas como ameaçadoras e/ou causadores de stress em contexto escolar Skinner e colaboradores (2013) desenvolveram a Medida Multidimensional de Coping (MMC). O Modelo motivacional de Skinner serviu de base à elaboração da MMC e conceptualiza que o coping possui determinantes que o influenciam- como as competências sociais- e variáveis que são influenciadas pelo mesmo- como o empenho, a aprendizagem e a realização escolar. O presente estudo tem como objetivos (a) compreender quais as estratégias de coping académico mais utilizadas pelas crianças (b) analisar de que forma o coping académico afeta resultados de ajustamento escolar tais como o empenho, a aprendizagem, a realização escolar e o bem estar na escola e (c) analisar o papel da competência social influenciando a capacidade dos alunos para lidar com situações de stress académico. Os resultados desta investigação destacam as relações existentes entre o coping académico e todas as variáveis acima mencionadas, demonstrando ser um bom preditor do empenho, aprendizagem, realização escolar e bem estar na escola. A Cooperação destaca-se como sendo uma competência social importante para a utilização de determinadas estratégias de coping. Esta investigação contribui para a área do coping académico, uma forma de coping ainda pouco estudada, e para uma abordagem mais compreensiva do mesmo uma vez que tem em consideração não só fatores estritamente académicos (realização escolar) mas também emocionais (bem estar na escola), motivacionais (empenho e aprendizagem profunda) e sociais (competências sociais).
Subject: Psicologia
Psychology
Scientific areas: Ciências sociais::Psicologia
Social sciences::Psychology
TID identifier: 202507980
URI: https://hdl.handle.net/10216/129377
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
422619.pdfO coping académico em estudantes de 2º e de 3º ciclo: análise de relações com o empenho, aprendizagem, realização e bem-estar e do papel da competência social423.57 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.