Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10216/114914
Author(s): Amorim, M
Alves, E
Barros, H
Silva, S
Title: Necessidades e papéis parentais em cuidados intensivos neonatais: revisão dos guias portugueses
Issue Date: 2016
Abstract: Pretende-se analisar as necessidades e os papéis parentais incluídos nos guias sobre Unidades de Terapia Intensiva Neonatal. Realizou-se uma análise de conteúdo temática de 33 guias (28 consensos e 5 documentos dirigidos aos pais) disponíveis em acesso livre no site da Sociedade Portuguesa de Pediatria em agosto de 2014. Estes documentos contemplam, principalmente, necessidades de informação, cuidados a prestar pelos pais e respectivas responsabilidades na tomada de decisões quanto à saúde das crianças. Características parentais e familiares foram mencionadas como fatores de risco para a prematuridade e doenças perinatais. As consequências psicossociais e a adequação das características físicas das Unidades de Terapia Intensiva Neonatal às necessidades parentais emergiram com menos frequência. Raramente se abordaram questões especificamente relacionadas com o conforto, suporte social, segurança e confiança dos pais nos serviços de saúde. Os documentos analisados refletem normas socioculturais associadas à parentalidade intensiva, centrada na criança, orientada por profissionais de saúde e altamente emotiva. Importa disseminar guias que orientem a integração de cuidados de saúde centrados na família nas dinâmicas das Unidades de Terapia Intensiva Neonatal.
Subject: Neonatal intensive care units
Guidelines
URI: http://hdl.handle.net/10216/114914
Source: Ciência e Saúde Colectiva, vol. 21(8), p. 2583-2594
Document Type: Artigo em Revista Científica Nacional
Rights: openAccess
Appears in Collections:ISPUP - Artigo em Revista Científica Nacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AmorimMAlvesE2016.pdf216.25 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.