Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10216/102809
Author(s): Joana Isabel Milhais Mendonça Ferreira
Title: Habitação Social: circunstâncias para o ofício do arquitecto. O Bairro da Pasteleira
Issue Date: 2016-12-06
Abstract: The purpose of this work is to know Pasteleira's housing estate as a social housing project and to understand how space is crucial in people's lives.The research on the origin of the housing estate and on the context in which it was built shows the constraints Pasteleira's housing estate was subjected to, being one of the first housing estates built under the "Plano de Melhoramentos da cidade do Porto" (1956/1966).Using reports and testimonies of inhabitants of the housing estate, this work analyses the evolution of the two housing types therein and of its relationship with its surroundings, trying to understand how gradual change in social habits, technological innovation and urban development influence changes in architecture.Intervention hypotheses, of greater or lesser extent, try to answer to the main identified problems, restructuring and redefining the spaces of the residential building, on the assumption that 'every house is a case' and hence the need for flexible, adaptable and versatile solutions.Knowing that in housing at controlled costs the architect is dependent on circumstances that will affect his work, this dissertation searches for an answer to the question: how can architecture meet the needs and desires of people in social and economically disadvantaged contexts?
Description: Este trabalho propõe conhecer o bairro da Pasteleira enquanto projeto de habitação social e compreender como o espaço é determinante na vida das pessoas.A investigação realizada sobre a origem do bairro e o contexto em que foi construído evidencia as condicionantes a que o projeto do bairro da Pasteleira esteve sujeito, sendo um dos primeiros bairros construídos ao abrigo do "Plano de Melhoramentos da cidade do Porto" (1956/1966).Com recurso a relatos e testemunhos de habitantes do bairro, analisa-se a evolução dos dois tipos habitacionais aí existentes e a sua relação com o espaço envolvente. Procura-se assim compreender como a progressiva mudança dos hábitos sociais, inovação tecnológica e a evolução urbana influenciam as alterações na arquitetura.Através de hipóteses de intervenção, de maior ou menor escala, propõe-se responder aos principais problemas identificados, reestruturando e redefinindo os espaços do edifício habitacional. Parte-se do pressuposto de que 'cada casa é um caso' e daí a necessidade de soluções flexíveis, adaptáveis e versáteis.Sabendo que na habitação a custos controlados o arquiteto está dependente de circunstâncias que condicionam o seu ofício, procura-se uma resposta para a questão: como é que a arquitetura pode satisfazer as necessidades e vontades das pessoas, em contextos social e economicamente desfavorecidos?
Subject: Artes
Arts
URI: http://hdl.handle.net/10216/102809
Document Type: Dissertação
Rights: openAccess
Appears in Collections:FAUP - Dissertação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
182911.pdfHabitação Social: circunstâncias para o ofício do arquitecto. O Bairro da Pasteleira75.89 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.